Quais os segredos para o sucesso do filme premiado “Turismo Centro de Portugal – Are You Ready?”


O filme promocional “Turismo Centro de Portugal – Are You Ready?” conquistou mais uma importante distinção internacional, que veio enriquecer ainda mais a sua extensa fileira de prémios. Agora, foi a vez dos prestigiados New York Festivals TV & Film Awards, em Nova Iorque (Estados Unidos) reconhecerem a qualidade do filme promocional da região Centro de Portugal. A TIL Magazine foi descobrir o que está por detrás do filme.

Produzido pela produtora leiriense Slideshow para o Turismo Centro Portugal, e realizado por Pedro Vieira, “Turismo Centro de Portugal – Are You Ready?” é um filme promocional com um conceito inovador. “A ideia inicial partiu de querermos distanciarmo-nos da linguagem mais comum dos vídeos turísticos, e então abraçámos a ideia de usar a linguagem de videojogo, mostrando as vivências do centro de Portugal e a beleza da região, deste modo pouco comum em vídeos turísticos”, explicou Pedro Vieira à TIL Magazine.

No filme o visitante transforma-se na personagem de um jogo passado no centro de Portugal e tem como objetivo chegar à onda gigante da Nazaré, onde é esperado pelo surfista Garrett McNamara. Segundo o realizador do filme, para criar a história usaram pequenas coisas que fossem próprias de videojogos. “Pensámos em aspetos mais técnicos como os frames por segundo e o aspect ratio, fomos buscar pequenos pormenores de diversos jogos para fazer com que o vídeo fosse o mais videojogo possível”, esclareceu Pedro Vieira.

O vídeo que tem uma duração de 2 minutos e 52 segundos foi criado com o principal objetivo de “promover o turismo do centro, e cativar turistas a vir visitar a região centro”. Mas “sendo em estilo vídeo jogo tentámos cativar um público mais abrangente, algo de fácil compreensão de que é um jogo mesmo para quem nunca jogou na vida, que consegue apreciar a beleza das imagens na mesma. E ao mesmo tempo atrair o público que joga, um público mais jovem, que facilmente irá perceber os pequenos pormenores que estão habituados a ver em jogos”, concluiu Pedro.

“Turismo Centro de Portugal – Are You Ready?” é finalista na categoria “Imagem Corporativa – Turismo”

O “Turismo Centro de Portugal – Are You Ready?” conseguiu integrar a limitada lista de finalistas na categoria “Imagem Corporativa – Turismo”, ao lado de filmes de Espanha, França, Grécia, Chile, Áustria ou Nova Zelândia, entre outros.

“É extremamente recompensador recebermos mais esta prestigiada distinção, numa altura em que o mundo atravessa uma situação tão difícil. Os empresários, assim como todos os intervenientes na atividade turística, necessitam como nunca de boas notícias, como esta, que apontem caminhos de esperança para o futuro”, considera Pedro Machado, presidente do Turismo Centro de Portugal.

“Os New York Festivals são dos festivais mais reconhecidos no panorama da indústria audiovisual. É uma enorme honra para a região Centro de Portugal estar ao lado de outras produções de grande qualidade, representantes de todos os continentes”, acrescenta.

Os New York Festivals TV & Film Awards premeiam conteúdos audiovisuais produzidos em todo o mundo, cobrindo todas as áreas da indústria do cinema e da televisão. São escolhidos os melhores filmes em 14 categorias, que vão desde os programas de informação ao desporto, passando pelos documentários ou entretenimento, entre muitas outras.

Realce para o facto de o filme “Living it Together”, de promoção da cidade de Torres Vedras, ter sido igualmente escolhido como finalista na mesma categoria. Este filme foi produzido no âmbito do Festival ART&TUR, que todos os anos se realiza no Centro de Portugal.

Esta é a 12.ª distinção conquistada pelo filme “Turismo Centro de Portugal – Are You Ready?” em festivais internacionais de turismo.

 

Foto:DR

Conheça os 6 filmes em exibição no cinema “drive-in” na Batalha – e já se pode inscrever!


Os filmes que vão ser exibidos no cinema “drive-in”, que acontece no parque da ExpoSalão, na Batalha, já foram anunciados. Conheça todos os filmes, para miúdos e graúdos, que vão estar em exibição entre os dias 15 e 17 de maio. Vão ser seis sessões de cinema ao ar livre, transmitidos numa tela com imagens de qualidade. Os espetadores vão estar nas suas viaturas com o som do rádio, sintonizado com a frequência certa.

  • Dia 15

Frozen 2 – O Reino do Gelo – 20h45

Deixando a cidade de Arendelle para trás, a princesa Anna, Kristoff, Olaf e Sven seguem caminho em busca de um lugar encantado que, segundo consta, esconde o segredo da origem dos poderes mágicos de Elsa. Tudo terá acontecido na floresta dos elementos, onde algo de extraordinário teria provocado a separação do ar, fogo, terra e água, os quatro elementos básicos na constituição da matéria. Compreender os próprios poderes será fundamental para acalmar o coração da atormentada Elsa.

Jumanji: O Nível Seguinte – 23h

Tentado em revisitar o mundo de Jumanji, Spencer decide consertar o jogo de videogame que permite que os jogadores sejam transportados ao local. Logo o quarteto ressurge, agora comandado por outras pessoas: os avôs de Spencer e Fridge assumem as personas de Bravestone e Finbar, enquanto o próprio Fridge está sob a pele de Oberon.

  • Dia 16

Sonic: O Filme – 20h45

Uma comédia familiar, que junta animação com ação. Sonic é um ouriço azul de origem alienígena que acidentalmente aterra na Terra durante uma fuga às forças malignas do seu planeta natal. Quando conhece Tom Wachowski, o xerife da cidade, encontra nele o parceiro de que necessitava para salvar o mundo do terrível Dr. Ivo Robotnik, um cientista extraordinariamente inteligente, mas muito mal-intencionado.

Assim Nasce uma Estrela – 23h

Apesar de sobreviver à custa de um ordenado miserável como empregada de mesa, Ally nunca abandonou o sonho de se tornar uma estrela. Um dia, conhece Jackson Maine, um cantor consagrado com tendências autodestrutivas que reconhece o seu talento musical e resolve ajudá-la.

  • Dia 17

A Gaiola Dourada  – 20h45

Uma comédia portuguesa que retrata um casal de portugueses emigrados em França há mais de três décadas. Quando recebem a notícia de uma herança em Portugal que lhes concretiza o velho sonho do regresso às raízes.

O Pátio das Cantigas – 23h

Em 1942, o cinema português ganhava uma das suas mais emblemáticas obras: “O Pátio das Cantigas”, uma comédia realizada por Francisco Ribeiro e interpretada por nomes como Vasco Santana, António Silva ou Laura Alves. Em 2015, ganha novas referências. Os diálogos e jogos de equívocos continuam a gravitar sobre os sonhos, alegrias, aventuras, amores e desamores de um conjunto de personagens de um típico bairro lisboeta, mas transformaram-se para o século XXI.

A entrada é gratuita, basta fazer a inscrição. Mais informações sobre o evento aqui.

On Market: o novo supermercado online de Leiria com entrega ao domicílio


Se não vai ao supermercado, o supermercado vai até si! On Market é o mais recente supermercado online da região de Leiria com todos os produtos disponíveis, para todos os gostos e para todas as carteiras. Melhor ainda, não há filas basta fazer a marcação para receber as compras à porta.

Com o On Market pode receber em casa lacticínios, fruta e legumes frescos, carne fresca, peixe congelado, mercearias, bebidas, produtos de higiene e limpeza e ainda produtos para animais com entregas todos os dias das 10h às 22h30.

O serviço já está disponível em Leiria e nas áreas realtivas a Marrazes, Cortes, Boa Vista, Pousos e Parceiros.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Para aceder ao serviço basta fazer o registo no site, adicionar os produtos ao carrinho, agendar a data e a hora de entrega, proceder ao pagamento e já está. O pagamento pode ser feito por mbway, Paypal ou cartão de crédito.

 

Foto:DR

Batalha promove noites de cinema “drive-in” – e é gratuito!


Quer ver um filme e ao mesmo tempo ter uma experiência nova? Pois aqui está, não é no sofá, muito menos numa sala de cinema, é dentro do carro com ecrãs gigantes e o som sintonizado com uma estação de rádio. Esta experiência hilariante, especialmente para os amantes de cinema, vai acontecer na Vila da Batalha nas noites de 15, 16 e 17 de maio.

A Vila da Batalha vai ter cinema “drive-in” para miúdos e graúdos, os filmes ainda não estão disponíveis, mas é certo que são recentes e premiados. Se está à espera que as portas do cinema abram para desfrutar de uma sessão de cinema, talvez esta seja a oportunidade mais parecida que, na situação atual, se possa arranjar.

Vão ser seis sessões de cinema ao ar livre, “num espaço amplo e com segurança para todos” garante o município da Batalha. Os filmes vão ser transmitidos numa tela com imagens de qualidade e os espetadores vão estar nas suas viaturas com o som do rádio, sintonizado com a frequência certa.

As entradas são gratuitas. Brevemente poderá consultar o cartaz completo e inscrever-se aqui.

 

Foto:DR

Fui a Leiria depois de quase 2 meses de confinamento – e acho que estou a ficar paranóica com as distâncias


Escrito por: Fotografia por:
Teresa Neto
Teresa Neto
                       

Últimos posts de Teresa Neto (see all)

    A nossa jornalista Cláudia Monteiro foi passear pela cidade de Leiria depois de mês e meio fechada em casa. Estava preparada para umas coisas, para outras nem tanto…

    Sinto que estou em fevereiro: vozes na rua, ruídos das crianças, pessoas a passear e até a chuva ligeira me relembra fevereiro. Mas não. É dia 5 de maio, e já passaram dois meses após o confinamento. Quando declararam o estado de calamidade, foi-me sugerido que fosse passear pela minha cidade  de Leiria para ver como ela está.

    Pois bem, ia a passar na Rua Direita, já com a máscara na cara. Isto porque as pessoas iam-se aproximando e por segurança, achei melhor coloca-la. Depois um senhor chegou-se perto de mim, com a cerveja na mão e a máscara no queixo: “Se fosse verde gostava mais”. Ao que eu, na tentativa de ser simpática, respondi “É, esta é do Porto!”.

    Continuei o meu passeio, aproveitando os momentos em que não passava próximo das pessoas para a tirar e respirar melhor (quem já a usou sabe do que falo!).  Enquanto caminhava reparava nas pessoas e elas pareciam satisfeitas por voltar a ver a luz e poder fazer coisas, apesar de todas as precauções pedidas.

    Apesar de estarmos no estado de calamidade (que me parece pela conotação da palavra um estado mais caótico), as pessoas estão mais descansadas. Normal já que estavam cansadas de estar em casa e desertas para saírem sem se sentirem criminosas – pelo menos era assim que eu me sentia quando saía de casa para apanhar um arzito. Os cidadãos, finalmente, voltam a ter mais liberdade e isso é notável. Creio, para mim, que a maioria delas estavam a fazer o mesmo que eu, a passear. Até ouvi um senhor a comentar “Podíamos sair, mas era chato estarmos sujeitos a ser notificados pela polícia”.

    Apercebi-me, no meu curto passeio pelo centro da cidade, que há várias opiniões sobre a situação atual. Ouvi, nas conversas que se ouvem na rua, umas a defenderem o uso da máscara, outras a maldizer. E mais que ouvir, vi (arrisco-me a dizê-lo), 40% está com a máscara na cara, 40% está sem máscara e 20%  usa a máscara no queixo. As que estão com a máscara no queixo são as mesmas que nas filas fazem dos dois metros de distanciamento de segurança meio metro, e são também as que entraram em desespero e levaram tudo o que podiam das lojas no início da pandemia. Faço já mea culpa porque não estou a julgar, só estou a constatar com valores de quem percebe pouco de matemática e com uma observação feita por lentes que combatem uma miopia avançada.

    Ainda em relação às mascaras, aproveito para dar a minha opinião – eu concordo que não é prático estar de máscara, mas os profissionais de saúde passam horas seguidas com ela colocada na cara até ficarem marcados,  e mais uma carrada de fatos que parecem estar prontos para ir à lua, portanto, usar a máscara vai com certeza minimizar o impacto, por menor que seja, podemos faze-lo e devemos.

    Voltando ao meu passeio, já na avenida Heróis de Angola, deparei-me com algumas lojas abertas, uns cafés com serviço, respeitando as normas de funcionamento em take away e algumas filas – mas não tantas como esperava. Só vi duas e fugi delas! Até chego a ponderar se é paranóia minha mas depois de dois meses sem contactar com muitas pessoas, ao mesmo tempo, dá-me uma sensação de desconforto.

    Já no caminho de volta para casa, depois de aproveitar a pastelaria Meia Lua aberta para comer um croissant de chocolate, dietas à parte até porque me fartei de fazer exercício durante esta longa quarentena, deparei-me com um casal com as máscaras colocadas de parte, a fazerem um piquenique no parque de estacionamento. Tirei deste passeio uma ótima escapadela e a conclusão de que as pessoas estão satisfeitas, mas ao mesmo tempo receosas com o futuro, que é uma incógnita para comuns como eu, que vêem as suas vidas em “stand by”.

    Conheça as peças que Claudia Schiffer desenhou para a Bordallo Pinheiro

    bordallo pinheiro claudia shiffer

    Claudia Schiffer foi a mais recente colaboradora da marca Bordallo Pinheiro. A ex-top model desenhou num estilo campestre peças para a Bordalo Pinheiro e Vista Alegre, dando lugar às borboletas e aos campos ingleses nas suas ilustrações.

    A antiga top model “aliou o seu gosto pelo campo inglês e por borboletas à identidade da Bordallo Pinheiro”, escreveu a marca numa nota de imprensa. “A ex-modelo criou um conjunto de peças que se destacam pela pintura manual artística, com um caráter mais mesclado e abstrato”, acrescenta o mesmo comunicado.

    “Cloudy Butterflies” é o nome da coleção de Claudia Schiffer para as marcas Bordallo Pinheiro e Vista Alegre.

    Veja as peças desenhadas por Claudia Schiffer.

    Cloudy Butterflies

    Image 1 of 12

    Foto: Miguel Manso

    #LeiriaApoiaEmCasa, a linha de apoio psicológico a crianças – e é totalmente gratuita!


    O município de Leiria promove, a partir desta semana, a linha #LeiriaApoiaEmCasa, um serviço telefónico de apoio psicológico orientado para promover a saúde psicológica e o bem-estar das crianças e jovens em tempo de confinamento social.

    O confinamento social não é nada fácil, até há quem esteja “a dar em doido”. Imagine as crianças e jovens que se veem privadas dos passeios e das brincadeiras na rua. Para combater a ameaça à saúde mental dos jovens, as famílias podem ligar para a linha de apoio, constituída por seis psicólogos, de segunda a sexta-feira entre as 9h e as 17h. As chamadas são gratuitas.

    Ao recorrer à linha as famílias beneficiam de um serviço gratuito de aconselhamento psicológico. Os profissionais ajudam as famílias a mitigar as assimetrias que a pandemia acentuou na aprendizagem e sucesso escolar.

    Ao ligar para a linha #LeiriaApoiaEmCasa, as famílias que se encontrem em situação de vulnerabilidade social, ou crianças ou jovens que se encontrem em situação de risco serão ainda informadas dos apoios existentes na comunidade e encaminhadas para as respostas e entidades competentes.

    A iniciativa surge no âmbito do Plano Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar (PIICIE) da Comunidade Intermunicipal da Região de Leiria, em parceria com a Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Leiria.

    Para contactar a linha #LeiriaApoiaEmCasa marque 244 839 586.

     

    Foto: DR

     

    #FiqueEmCasa

    Há um condomínio em Leiria que está a dar que “cantar”


    Um condomínio diferente em Leiria. É na Cruz da Areia que os vizinhos se encontram nas suas varandas para partilharem momentos musicais. A par deste encontro semanal, todos os dias às 22h encontram-se para aplaudir aos profissionais de saúde.

    “Tudo começou quando os vizinhos me convidaram a colocar uma coluna na varanda para animar o pessoal”, exclamou Nuno Mendes, um dos vizinhos pioneiros dos eventos musicais do condomínio da Cruz da Areia. Após o sucesso do primeiro encontro, os vizinhos pediram para voltar a repetir-se no fim de semana a seguir (o primeiro aconteceu logo após o final das aulas). Agora são muitos os vizinhos que participam, uns cantam, outros tocam guitarra, e no próximo sábado (25 de abril) até aula de zumba vai haver. “Umas das vizinhas disponibilizou-se para dar uma aula, no pátio comum, onde os vizinhos podem participar pela varanda”, explicou Nuno.

    Mas os concertos começaram mesmo quando Nuno celebrou 40 anos e convidou João Miguel (cantor leiriense) a dar música aos vizinhos a partir da varanda. “Desde esse dia, sempre que um vizinho faz anos vamos à varanda cantar os parabéns”, acrescentou Nuno.

    No domingo passado, foi também um dia especial, para além dos momentos musicais já habituais com os vizinhos, tiveram a presença do leiriense Nuno Esperto, finalista do The Voice, e a cantora, também leiriense, Elsa Gomes a “dar música” aos vizinhos do condomínio.

    E assim cantado, os vizinhos vão-se animando. “Nós somos um condomínio muito unido, anualmente já fazemos duas festas e, portanto, quase que foi acontecendo naturalmente. Quando demos por nós já estávamos todos nas varandas a conviver, em amena cavaqueira”, disse Hugo Gonçalves, um dos vizinhos, que espera que a polícia e os vizinhos o deixem continuar a ter música ao vivo na varanda.

    Parece que todos os vizinhos estão satisfeitos, Ediana Maskaro, é uma das vizinhas que diz estar muito feliz por estes momentos musicais, e que faz da sua varanda palco para cantar, acompanhada pelo marido (na guitarra) e pelo filho (na bateria). “É tão bom, fico muito feliz, por mim seria assim todos os fins de semana”, exclama Ediana, que espera no próximo sábado, já que está de folga, poder dar música aos seus vizinhos.

    Mas a animação do condomínio não se fica por aqui. Também no sábado, antes da aula de zumba, vai existir um karaoke. “Com todos os cuidados de segurança, vai estar um microfone no pátio, sempre desinfetado, onde o vizinho, à vez, vai ao centro cantar”, contou à TIL Nuno Mendes.

     

    Para já os momentos de música na varanda vão continuar ao fim de semana, “até tudo voltar ao normal”. “Quando tudo passar fazemos uma festa para festejar”. Concluiu Nuno.

     

    Foto: Nuno Mendes

     

    #FiqueEmCasa

    Rei dos Frangos oferece refeições a quem mais necessita

    rei dos frangos loja 1

    O Rei dos Frangos está a oferecer refeições a quem mais necessita. É mesmo isso, as ações de solidariedade começam a prevalecer nos tempos que correm, porque ajudar o próximo é ajudar todos.

    As medidas que têm sido adotadas para conter a propagação do vírus Covid-19 têm vindo a afetar a economia e consequentemente a vida de muitas famílias, que viram as suas atividades laborais reduzidas ou mesmo suspensas por prazo indeterminado. Neste sentido o restaurante Rei dos Frangos está a oferecer refeições “ligeiras”, à noite, todos os dias, “aos leirienses que mais precisam”, lê-se a informação no Facebook do restaurante.

    A ação de solidariedade decorre na loja º1, situada na rua Mouzinho de Albuquerque, no centro de Leiria, entre as 20h30 e as 21h.

    Também as outras lojas da cadeia estão a funcionar em regime take away, todos os dias. Vejas outras opções aqui.

     

    Foto: Google

    #FiqueEmCasa

    Conheça alguns restaurantes com take away na zona oeste do distrito


    Para quem está em casa, cozinhar até tem sido um passatempo, mas sabe sempre bem comer uma refeição fora. Como não é possível, a alternativa passa por ir buscar comida a um restaurante e almoçar na varanda ou no jardim. A TIL reuniu um conjunto de restaurantes, na zona oeste do distrito, com serviço take away.

    Veja as seguintes opções e aproveite para marcar já o próximo jantar “fora”.

    Peniche

    • Tasca do Joel

    Peixe fresco e carnes saborosas são a especialidade da casa. Igualmente, com uma carta extensa de vinhos, a Tasca do Joel tem serviço take away de terça-feira a sábado, entre as 12h e as 14h e as 19h e 20h30. E ao domingo entre as 12h e as 14h. Pode consultar o menu diário aqui.

    Morada: Rua do Lapadusso, 73, Peniche
    Contacto: 262 782 945

    • Em Banho Maria

    Com cozinha tradicional portuguesa, o restaurante Em Banho Maria tem serviço take away todos os dias. A encomenda pode ser feita por contacto telefónico ou pelo site.

    Morada: Av. Liberdade, 118 (EN 114) Serra d’Elrei, Peniche
    Contacto: 913 862 097/262 098 868

    Óbidos

    • Alcaidaria-Mor

    Que sorte, no Alcaidaria-Mor pode encomendar Cozido à Portuguesa todos os domingos e para quem não aprecia, há outros pratos à escolha. O serviço take away funciona apenas ao domingo, à hora de almoço.

    Morada: Praça Doutor Azeredo Perdigão lt 6-8 Amoreira, Óbidos
    Contacto: 262 960 181 

    Caldas da Rainha

    • Sabores d’Italia

    Pizzas e massas são as especialidade da casa. O restaurante Sabores d’Itália tem serviço take away todos os dias, entre as 12h e as 14h e as 19h e as 21h. Pode consultar o menu aqui.

    Morada: Praça 5 de Outubro, nº 40, Caldas da Rainha
    Contacto: 262 845 600

    Alcobaça

    • Portas de Fora

    Portas de Fora tem serviço take away e entrega ao domicílio, por isso nem precisa de sair de casa! O serviço funciona de terça-feira a domingo na hora de almoço. Pode consultar o menu no Facebook.

    Morada: Rua Frei Antonio Brandao, 105-107, Alcobaça
    Contacto: 963459607

    • António Padeiro

    O restaurante António Padeiro tem serviço take away durante o fim de semana, com entregas em casa e, melhor, as entregas são realizadas até um raio de 15 quilómetros e não têm valor mínimo de encomenda.

    Morada: Rua Dom Maur Cocheril, 27, Alcobaça
    Contacto: 963708268

    • Taberna Marginal

    Saladas, hamburgers e sandes são algumas das opções da Taberna Marginal, durante o serviço limitado a take away. O restaurante serve à terça-feira e à sexta-feira, entre as entre as 12h30 e as 14h30. Pode levantar a encomenda ou receber em casa com o serviço de entrega ao domicílio.

    Mais informações sobre o espaço aqui.

    Morada: Av. Marginal 26 loja 2, São Martinho do Porto
    Contacto: 262 140 419
     

    Nazaré

    • Aki-D’el-Mar

    A Marisqueira Aki-D’el-Mar continua em funcionamento, em regime de take away. As encomendas podem ser levantadas entre as 12h e as 20h.

    Morada: Av. Manuel Remígio, Nazaré
    Contacto: 262 551 028

    • No Ponto

    Hamburgers “No Ponto” é a especialidade da casa. Com serviço take away entre as 12h e as 15h, o restaurante permite pagamento por MB way.

    Morada: Praça Sousa Oliveira, Nazaré
    Contacto: 262 288 629

    Marinha Grande

    • Casinha Branca

    Comida tradicional é a especialidade da Casinha Branca, com serviço take away e entrega ao domicílio. Pode consultar o menu diário no Facebook do restaurante.

    Morada: Rua Cravos de Abril, Nº 3 – Casal Galego, Marinha Grande
    Contacto: 916 210 337

    • Taverna Xico e Xica

    Os melhores petiscos são na Taverna Xico e Xica, com serviço take away de sexta-feira a domingo entre as 18h e as 22h.

    Morada: Rua das Rosas da Pedra de Cima 10, 2430-153, Marinha Grande
    Contacto: 914 401 302

    Batalha

    • Mosteiro do Leitão

    Os apreciadores de leitão estão com sorte! O Mosteiro do Leitão continua a funcionar, mas em regime de take away. O serviço funciona ao domingo entre as 12h e as 13h por encomenda. Veja outras informações do espaço aqui.

    Morada: IC2 Casal da Amieira, Batalha
    Contacto: 244 767 853

    •  Old Jack

    Cerveja, pizza e massas são a especialidade do Old Jack, mas como a Direção Geral de Saúde não aconselha consumo de bebidas alcoólicas, é melhor ficar-se pelas pizzas e massas. Com serviço take away e entrega ao domicílio de quarta-feira a segunda-feira.

    Morada: Rua Dom Duarte, Batalha
    Contacto: 244 768 161

    Veja também opções de take away em Leiria.

    As melhores opções de Restaurantes com Take Away em Leiria

    Foto: Facebook

    #FiqueEmCasa