Muito mais que simples donuts: são DAMN DOUGHNUTS

DAMN DOUGHNUTS leiria

Escrito por:
Joana Rute Carmo
Joana Rute Carmo
                       

Últimos posts de Joana Rute Carmo (see all)

Os DAMN DOUGHNUTS são um sucesso na capital. E agora chegam a Leiria… em versão de encomenda!

São fofos, deliciosos e ousados. Os donuts que começaram por conquistar Lisboa e o Instagram já percorrem o país de Norte a Sul, nas inconfundíveis caixas brancas que levam o nome e apelido de quem os encomendou escritos, com amor, a marcador azul.

A história começou quando Nuno Mota e Jael Correia provaram donuts vegan que não os deixaram nem felizes nem satisfeitos. Decidiram pôr as mãos na massa. Pesquisaram e experimentaram até chegarem à receita perfeita, sem qualquer tipo de ingrediente de origem animal e com doses mínimas de açúcar. Partilharam o resultado final na página de receitas vegan do Nuno, o @alhofrances, mas a receita ficou, e ainda está, no segredo dos Deuses, qual pastel de belém!

Daí às primeiras aventuras comerciais foi um salto. No início de 2019 tiveram uma pequena banca no Anjos70, em Lisboa, onde venderam 60 donuts numa tarde. Estavam tão bons que as partilhas rebentaram no Instagram e a marca arrancou, ao mesmo tempo que Nuno partilhava os seus donuts com influencers.

A massa fofa e o nível perfeito de doçura dos DAMN DOUGHNUTS são apenas a base. A partir daí, a criatividade fala muito alto e a criação de novos sabores é contínua, arrojada e um dos pontos fortes da marca no que toca à criação de desejo no consumidor.

Damn!!! Que Doughnuts deliciosos…

Mas afinal como é que Leiria pode provar os DAMN DOUGHNUTS?

Só encomendando na página dos @damndoughnuts, onde todas as informações são partilhadas em exclusivo. Leiria é uma das mais recentes adições ao percurso nacional e a próxima entrega é já dia 28 de Novembro, pela mão do Nuno, num carro bem recheado.

Cada donut custa 3 euros e os sabores não podiam ser mais variados. Desde os mais simples, o Glacé (deliciosa cobertura de glacé de limão, onde a doçura do donut equilibra com a acidez do fruto) ou o Salt Bae (massa fofa com uma decadente cobertura de caramelo salgado), aos mais complexos, como o Block Buster (um divertido donut com cobertura de chocolate, pipocas e flor de sal), o Bounty Head (mesmo a lembrar os pequeninos chocolatinhos “Bounty” com um sedoso recheio de côco, cobertura de chocolate e côco) ou até os mais ousados, com álcool, como o Caipira (um donut com cobertura glacé de lima e cachaça, a lembrar noites de verão).

A maior dificuldade é escolher. Porque a vontade é mesmo de comer todos.