Leiria candidata a Cidade Europeia do Desporto em 2022


O município de Leiria tem vindo a afirmar a sua qualidade durante os últimos anos. Depois de se ter candidatado a Capital da Cultura, candidata-se a Cidade Europeia do Desporto em 2022, focando-se no desporto informal e na diversidade de modalidades, segundo o vereador Carlos Palheira, à agência Lusa. 

“Leiria tem um forte espírito desportivo. Temos muitos praticantes de desporto e muitos campeões nacionais em várias modalidades. O concelho reúne a prática de 38 modalidades e, segundo dados que em breve iremos divulgar, a prática de atividade física é bastante elevada.”, revelou Palheira à agência. 

“Queremos que as boas práticas sejam replicadas por todos e que todos possamos ganhar e aprender com quem faz melhor”, frisou o vereador. 

Por ter sido construído o Estádio Municipal, Leiria carece de um pavilhão multiusos, que permitiria uma maior capacidade de possível prática de várias modalidades. No entanto, Carlos Palheira considerou que esse não será um problema, visto que irá ser construído um novo pavilhão multiusos, na zona desportiva de Leiria, até 2022. 

O vereador afirma, “É verdade que falta um pavilhão para grandes eventos, mas estamos na fase final do estudo geotécnico da instalação do multiusos. De qualquer forma, o eixo principal desta candidatura não é o grande evento. Os grandes eixos são a inclusividade do desporto para todos e o desporto de massas, onde toda a gente pode ter oportunidade de praticar desporto. O desporto informal terá um grande peso”. 

O autarca ainda destacou o pavilhão inclusivo da freguesia de Cortes, “Vamos aproveitar esse pavilhão para levar este projeto a todas as pessoas, tornando-o no mais agregador possível. Este é um dos equipamentos fundamentais nesta candidatura a par do circuito Polis, que as pessoas consideram um património desportivo da cidade”. 

“O Polis vai ser todo reconvertido. Está em fase de projeto toda a alteração e será criado um circuito com áreas ciclável e pedonal. Até 2022, o Polis estará requalificado.”, garantiu Palheira. 

Texto: Filipa Gaspar

Fotografia: DR