Quadro desconhecido de Josefa d’Óbidos leiloado em Barcelona é ainda disputado


O quadro “Menino Jesus Peregrino” da autoria de Josefa d’ Óbidos foi licitado por 110 mil euros, por um anónimo português, no leilão que decorreu em Barcelona no dia 15 de Dezembro.

O presidente da Câmara de Óbidos, Humberto Marques, tentou, ainda que sem efeito – por questões jurídicas, sensibilizar para a importância desta obra ficar em Portugal, junto do ministério da Cultura. Face a esta situação, o autarca apelou ainda a mecenas para que ajudassem na aquisição da obra.

Avaliado e autenticado por Joaquim Caetano, conservador de pintura do Museu Nacional de Arte Antiga, o quadro pintado a óleo sobre tela, apesar de não ter sido adquirido pelo presidente da Câmara de Óbidos, foi adquirido em Portugal, o que tornou mais fácil a viabilização da comunicação.

O autarca justifica o interesse pela pintura com o facto de se tratar de uma obra reconhecida nacional e internacionalmente e, sobretudo, por ser natural de Óbidos. Manifestando interesse pelo património, Humberto Marques conseguiu estabelecer contacto com o mandatário do adquirente que mostrou disponibilidade do dono em cooperar com Óbidos. A realização de exposições de arte antiga é uma das hipóteses encontradas por ambos.

Vítor Serrão, historiador de arte e especialista em Josefa de Óbidos, disse que a compra desta obra “é um imperativo” para Portugal e que “será muito importante que este belo quadro seiscentista entre no Museu de Óbidos”.

 

Foto: DR