RONDA Leiria Poetry Festival – Poesia leva Leiria além-fronteiras


Escrito por:

Entre os dias 12 e 21 de Março, mais de 200 convidados, oriundos de cerca de 40 países, vão marcar presença no RONDA Leiria Poetry Festival. Serão 65 horas de programação online incluindo entrevistas, conferências, debates, workshops, vídeo-poemas, espetáculos musicais e performances poéticas.

O evento leiriense, que outrora se intitulava “Ronda Poética”, adquiriu este ano pela primeira vez um caráter internacional e apresenta-se como RONDA Leiria Poetry Festival. A decorrer ao longo de dez dias, de 12 a 21 de Março de 2021, a poesia levará mais longe o nome da nossa cidade de Leiria.

Ronda Poetry pretende “rondar pelo mundo com a voz de muitos, muitos poetas” que chegam através de parcerias com instituições internacionais e outras cidades criativas da UNESCO.  Deste modo associam-se poetas europeus, dos PALOP, Colômbia, Equador, México, Guatemala e até Sérvia, Roménia, Filipinas, Turquia, Tunísia ou Quénia. A dimensão global do Ronda permitirá aos portugueses conhecer poetas, pensadores e artistas internacionais e de modo inverso, os artistas da lusofonia vão poder comunicar para os vários cantos do mundo.

O evento apresenta-se online num formato inovador, dado o estado de exceção vivido em todo o mundo, encontrando-se alojado numa plataforma online a partir de Leiria e de alguns hubs na Europa, América e África, com oradores e performers a juntarem-se simultaneamente num conjunto de várias iniciativas – entre as entrevistas, os lançamentos de livros e os concertos, haverá poetas de todo o mundo a lerem os seus poemas e vídeo-poemas, onde todas as apresentações serão feitas na língua de origem – uns ditos em curdo, outros em alemão, francês, português, espanhol e muitas outras línguas. Para além disso, a programação contará com conferências, debates, workshops e uma ação poética no Estabelecimento Prisional de Leiria. 

 

 
 
 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

Uma publicação partilhada por Ronda Leiria Poetry Festival (@ronda_leiriapoetryfestival)

 

Poesia

No âmbito da poesia nacional, irão estar presentes, entre outros: José Luís Barreto, Luís Tinoco, Regina Guimarães, José Luís Peixoto, Nuno Júdice, José Anjos e João de Melo. A nível internacional é possível contar com: Gilles Lipovetsky (França), Jack Hirschman (USA), Marilia Garcia (Brasil), Ondjaki (Angola) e Conceição Lima (São Tomé).

A TIL apresenta-lhe algumas curiosidades de participantes além-fronteiras que marcarão presença:

Tyehimba Jess – Distinguido com o Prémio Pulitzer por explorar, na forma poética, noções contemporâneas de raça e identidade, sem abdicar da experiência estética.

Dwayne Betts – Descobriu a poesia numa prisão de segurança máxima, de onde saiu para ser tornar um poeta premiado, um advogado de renome e um orador requisitado em todo o mundo.

Bejan Matur – Poeta curda que oscila entre a tragédia e o místico, um dos nomes mais premiados e ilustres da poesia emergente do Médio Oriente.

Yoko Tawada – Premiada poeta japonesa que vive em Berlim, dominando e reinventando a escrita nos dois idiomas.

Música

A relação música / poesia não foi esquecida, cada dia do festival terminará com um concerto, como “As Cancões Possíveis”, de Manuel Freire (a partir de “Os poemas possíveis”, de José Saramago), Rita Redshoes, que musicou poemas de Francisco Lobo Rodrigues ou Pinhal del Rei com um concerto assente no cancioneiro tradicional português e nas cantigas de D. Dinis.

Outras Áreas Artísticas

Assente na estratégia que Leiria submeteu à UNESCO e que lhe valeu a designação de Cidade Criativa, este evento cria pontes com as outras áreas artísticas como o teatro, com o espetáculo O Globo de Saramago – 1933 e “Provavelmente Alegria” pelo grupo Leirena, a pintura, com um diálogo entre Nuno Júdice e Isabel Pavão, a dança, com Fernando Duarte e Solange Melo a dançarem poesia, ou as media arte, com o projeto de Paulo Costa Nas suas Casas os Homens.

A ambição de ser “o festival de poesia de referência” em Portugal, a incrível programação anunciada e a dimensão do festival são unânimes. Várias têm sido as entidades da nossa cidade a mostrarem-se confiantes no sucesso e alcance deste evento, bem como nas repercussões positivas que o mesmo trará para o futuro de Leiria:

Para o presidente da Câmara Municipal de Leiria, o Ronda Leiria Poetry Festival será “um dos eventos mais importantes em termos culturais para Leiria durante este ano, além de representar a sua – imagem de marca -, dado que é um evento colaborativo que surge da vontade e capacidade de diversas pessoas e entidades que se unem para tornar a cultura mais abrangente”. Para o autarca, “este evento vai contribuir para tornar Leiria mais interventiva e conhecida no contexto cultural internacional. Por isso deposita nele muitas expectativas e muito empenho”, apontando-o como trunfo para a “ambição cultural” da cidade do Lis, candidata a Capital Europeia da Cultura em 2027.

A vereadora da Cultura, considerou que o RONDA, “além de um encontro de poetas” é “uma festa das palavras”. “Leiria é uma cidade de poetas e, porque estamos a comemorar os 400 anos da morte do nosso poeta maior, Francisco Rodrigues Lobo, lançámos o festival com dimensão mundial – do mundo para Leiria e de Leiria para o mundo”, revelando que a programação tomou “proporções inesperadas”, dada a resposta afirmativa obtida “do mundo inteiro” pela organização

A importância da aposta num festival de poesia em pandemia foi realçada pelo poeta, curador do atual Ronda Poetry Festival, Paulo José Costa: “Num ano como o que estamos a viver, a poesia é antídoto para todas aquelas emoções que temos vivenciado. A dimensão salvífica da poesia vai ser a demonstração viva, no registo possível – ‘online’ – de como é possível apresentar a poesia como um ingrediente essencial à nossa sobrevivência”. 

Para todos os interessados em saber mais e usufruir deste evento, toda a programação do RONDA Leiria Poetry Festival pode ser consultada em Leiria Poetry Festival ou no Facebook.

 

 

Foto: DR