5 passadiços que o vão fazer adorar caminhar pelas praias e verdes do distrito de Leiria

passadiços leiria

Escrito por:

Descubra as nossas sugestões de passadiços no distrito de Leiria, a tendência mais in dos passeios.

O final do verão não tem de significar o fim dos passeios à beira-mar ou a aventura de atravessar as florestas mais bonitas e invulgares. Os passadiços, um caminho normalmente construído em madeira que é construída para facilitar caminhos mais difíceis de ultrapassar, são a última grande tendência para passear com a família, namorado(a) ou amigos.

Neste artigo desvendamos alguns dos melhores passadiços que pode encontrar pelo distrito de Leiria. Conheça os 5 passadiços que falamos:

Passadiço Osso da Baleia (Pombal)

O nome da praia já é só por si invulgar. Consta que a praia foi denominada Osso da Baleia porque um esqueleto de baleia terá dado à costa, nos inícios do século XX.

Quanto ao passadiço da praia do Osso da Baleia, este é um dos mais bonitos a nível nacional, até porque estes passadiços foram inicialmente criados para proteger e preservar as dunas e a vegetação existente – sim, a Praia do Osso da Baleia tem consigo o galardão “Praias Douradas”, desde 1998, ou seja é uma das que apresenta valores a nível geológico, florístico, faunístico, paisagístico e patrimonial.

Como os passadiços acabam no areal junto à praia, a vista para o mar é inevitável. Contemplar um bonito pôr do sol em cima deste passadiço pode ser uma experiência pessoal e fotográfica transcendente!

Passadiço das Fragas São Simão (Figueiró dos Vinhos)

Passadiços das Fragas de São Simão nomeados para os “Óscares do Turismo”

É o mais recente passadiço da região e de tão astronómico que é, surgiu logo no primeiro ano no maior concurso de turismo do Mundo. O Passadiço das Fragas de São Simão é um percurso em madeira vertiginoso e deslumbrante que se complementa entre o verde das árvores e o cinzento das rochas.

Durante 2km as paisagens seduzem e fazem-nos sentir pequeninos, dada a dimensão da serra. O miradouro, no início do percurso, é gigante e dá-nos uma vista panorâmica para esta obra em madeira. No final há o prémio merecido de visitar e banhar-se nas bonitas e transparentes águas da Praia das Fragas de São Simão. Deslumbrante!

Passadiço Foz Arelho (Caldas da Rainha)

São, muito provavelmente, os passadiços mais diferenciadores em Portugal. Na Foz do Arelho, a praia a 10km das Caldas da Rainha, o passadiço é o caminho entre o mundo citadino e o universo marítimo. 

Este caminho tem cerca de 800m mas a cada passo que se dá, parece que a paisagem vai ficando mais bonita e o mar, por consequência, vai estando mais perto dos nossos olhos.

Em dias sem nuvens no céu, nem nevoeiros é possível contemplar, bem ao longe, a Ilha das Berlengas, Peniche do lado esquerdo e São Martinho do Porto à direita. É por estas e tantas outras razões um passadiço privilegiado a descobrir!

Passadiço Paredes da Vitória (Alcobaça)

passadiço praia paredes da vitória

O Passadiço de Paredes da Vitória é um dos segredos mais bem guardados da costa por onde passa a estrada do Atlântico. Apesar de ter uma dimensão curta, é certo que a paisagem é, no mínimo deslumbrante. De um dos lados pode contemplar toda a Praia das Paredes da Vitória e a sua aldeia numa vista panorâmica. Ali, no sítio mais a leste está também um spot para a prática de parapente e algumas vezes para aulas de ioga. Talvez tenha sorte!

Se continuar pelo passadiço (nesta direção), terá do seu lado direito a bonita e também uma das mais queridas praias da costa: a Praia da Polvoeira. Com isto e o mar de fundo, consegue ter aqui um bom serão para repousar e pensar na vida.

Passadiço da Baía de São Martinho do Porto (Alcobaça)

“A Concha do Oeste”. É assim a alcunha de uma das praias preferidas dos portugueses: a Praia de São Martinho do Porto. Ali as ondas são praticamente inexistentes, o que faz desde logo questionar o mais atento leitor – para quê um passadiço nesta zona? A resposta é simples. Contornar as águas, ao ir para a outra margem, quase desértica.

Ao atravessar este passadiço que começa na Praia de São Martinho do Porto, vai terminá-lo na Praia de Salir do Porto, ou seja, do outro lado da baía. Este é um caminho apetecível para qualquer apreciador de praia, já que assim pode aproveitar um dia para conhecer estas duas praias divididas pelo pequeno mar.