Volta a Portugal regressa a Leiria e à Marinha Grande no início de agosto


Escrito por:

A passagem do pelotão da Volta a Portugal retorna, naquela que é a 81ª edição da prova rainha do ciclismo nacional, aos dez concelhos que compõem a Comunidade Intermunicipal da Região de Leiria (CIMRL) nos dias 1 e 2 de agosto.

A prova começa dia 31 de julho com um prólogo em Viseu e a chegada está prevista para o dia 1 de agosto a Leiria. Castanheira de Pera, Pedrógão Grande, Figueiró dos Vinhos, Alvaiázere (meta volante), Ansião e Pombal (meta volante) fazem parte do itinerário até chegar à capital de distrito.

Leiria recebe a final de etapa da Volta pela 18ª vez e a chegada acontece na reta de 600 metros da avenida Dr. João Soares, em Leiria. A etapa terá 174,4 quilómetros e será uma das poucas oportunidades para sprinters.

No dia 2 de agosto, o itinerário junta a cidade da Marinha Grande, que após 29 anos regressa à Volta. Este é o ponto de partida para a etapa que tem como destino final Santo António dos Cavaleiros (Loures), com uma contagem de terceira categoria, após a mais longa ligação da corrida, com uma extensão de 198,5 quilómetros.

Segundo fonte da Comunidade Intermunicipal “a volta a Portugal vai voltar em pleno em 2019 a todos os concelhos da área da CIMRL”. Embora este evento tenha um custo de 100 mil euros para os cofres da CIMRL e dos municípios associados, a mesma fonte garante tratar-se de um “evento de relevância internacional” que “por si só dá visibilidade, divulga e promove a região”.

A forte tradição que nos dias de hoje ainda se fazem sentir em torno do ciclismo nacional faz com que este evento seja também um marco importante na história e consequentemente um reforço da identidade territorial.