Alcobaça – Doces e Licores Conventuais 2020


Escrito por:

Os doces e licores conventuais estão de regresso, de 26 de novembro a 1 de dezembro, mas este ano, devido às restrições impostas pela pandemia, serão os estabelecimentos alcobacenses, com tradição na mostra, que vão receber o evento.

Alcobaça cresceu à sombra do mosteiro e a longa duração dos monges brancos no território deixou marcas culturais profundas, um património material e imaterial singular que cumpre valorizar e potenciar. Os mosteiros cistercienses estão associados à criação de vinhos, destilados e licores. Em Alcobaça produziam-se vinhos brancos, vermelhos, vinhos de feitoria e aromatizados nomeadamente com mel, licores (por exemplo de ginja) e destilados. A produção de doces e geleias de frutas era entregue pelo mosteiro a doceiras da região. Doces de laranja, cidrão, pêssego, abóbora e figo eram os mais requisitados. A apropriação da herança tem aberto caminho à criatividade e inovação e os pasteleiros alcobacenses têm-no feito com inegável mestria.

Em homenagem a esta tradição conventual, que é uma marca identitária no coração dos alcobacenses, irá realizar-se a 22ª edição dos “Doces & Licores Conventuais”.

Perante as contingências relacionadas com a pandemia e em reposta à proposta feita pela Associação Comercial, de Serviços e Industrial de Alcobaça e Região de Leiria (ACSIA), a Câmara Municipal de Alcobaça irá realizar o evento de 26 de novembro a 1 de dezembro, desta vez num formato bem diferente.

De forma a manter o espírito do evento bem vivo e a não perder esta dinâmica empresarial e turística, o Município de Alcobaça associou-se às 12 casas do concelho com maior tradição e presença regular na mostra, que irão proporcionar um conjunto de novidades e ofertas especiais (nos próprios estabelecimentos) durante os dias do evento. “Em tempo de pandemia, todos os incentivos à atividade económica, particularmente este sector carismático, são necessários. A Câmara Municipal quer ajudar de forma simbólica, apelando aos munícipes para o consumo destes produtos numa lógica de apoio à economia local”, explica o Presidente da Câmara Municipal.

Este ano, devido à nova modalidade adotada, face às condições epidemiológicas do país, não se realizará o habitual concurso de melhor doce conventual e de melhor licor. No entanto, recordamos que no ano passado (2019) os vencedores foram a “Delícia do convento”, da pastelaria Alcôa e o “Licor de Singeverga 30% Vol.”, do Mosteiro de Singeverga (St. Tirso).

 

Para ir abrindo o apetite e estimular a gulodice, a TIL deixa-lhe a lista dos estabelecimentos participantes nesta edição dos “Doces e Licores Conventuais” e respetivas especialidades gastronómicas: 

ALCOBAÇA TOURISTIC SHOP

A marca registada Abadia de Alcobaça tem cinco anos de criação, foi lançada para dar cobertura à produção de licores no concelho de Alcobaça, invocando assim a tradição monástica ancestral na produção licoreira. Mas também para salientar a ligação antiga de Alcobaça e do seu Mosteiro à produção de licor de ginja.

Especialidades: Licor de Ginja, de Amora e Licor de Frutos Silvestres.

+Info: alcobacatouristicshop@gmail.com | T. 262 144 152 | 917 871 813 | Praça da República, 1 – 260-073 Alcobaça | 10h00-19h00 (todos os dias)

ATELIER DO DOCE

 

 
 
 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

Uma publicação partilhada por Atelier do Doce – Pastelaria (@_atelierdodoce_)

 

António Saraiva iniciou o seu percurso pasteleiro com apenas 11 anos de idade dedicando, desde aí, toda a sua vida em volta desta deliciosa arte. Assim surge uma das mais antigas e conceituadas pastelarias de Alcobaça, a “Pastelaria Saraiva”, fundada em 1960 pelo Mestre António Saraiva e sua esposa, pais de Catarina Saraiva que, juntamente com o marido Rui Marques, criou o Atelier do Doce em 2006, uma empresa que se dedica a 100% à produção e venda de bolos de pastelaria.

Especialidades: Segredo de São Bernardo, Amor Meu e Tiaras de D. Inês.

+Info: encomendas@atelierdodoce.pt | T. 262 509 337 | www.atelierdodoce.pt | Rua da Escola nº3 Casal do Amaro – 2460-196 Alfeizerão | 09h00-18h30 (segunda a sábado, incluindo feriados)

CAFÉ RESTAURANTE TRINDADE

O Café Restaurante Trindade abriu em 1924 como café, em 1928 alargou a atividade para a restauração e é reconhecido como um dos mais antigos e conceituados restaurantes da cidade de Alcobaça. Localizado no centro histórico, na Praça D. Afonso Henriques, é um exemplo de longevidade e uma referência para muitas gerações de alcobacenses.

Especialidades: Barretes, Cornucópias e Trouxas de ovos.

+Info: 262 582 397 | 912 122 614 | Praça D. Afonso Henriques, 22 – 2460-030 Alcobaça | 09h00-22h00 (todos os dias)

CASA DO PÃO DE LÓ DE ALFEIZERÃO

 

 
 
 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

Uma publicação partilhada por @a_casa_do_pao_de_lo

 

A Casa do Pão de Ló de Alfeizerão foi fundada em 1925, pela Sra. Adília Matos Vieira, com o propósito de fazer e comercializar o Pão de ló, cuja receita veio das freiras do Mosteiro de Coz. Mantém esta tradição e qualidade, ao longo dos seus 95 anos de existência, sendo das empresas mais antigas do concelho de Alcobaça, em permanente laboração.

Especialidades: Pão de Ló de Alfeizerão, Pão de Ló de Coz e Trouxas de ovos.

+Info: 262 999 558 | Largo do Pão de ló, nº3 Alfeizerão – 2460-138 Alfeizerão | 08h00-20h00 (todos os dias)

CASA DOS DOCES CONVENTUAIS

 

 
 
 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

Uma publicação partilhada por Casa dos Doces Conventuais (@casadosdocesconventuais)

 

Este estabelecimento destina-se ao fabrico artesanal de doçaria conventual. Doces Conventuais de Alcobaça com História!

Especialidades: Pudim dos Frades do Mosteiro de Alcobaça, Papão de Anjo e Bolo Real de São Bernardo e Cornucópias.

+Info: 262 595 063 | Praça D. Afonso Henriques Nº4 2460-030 Alcobaça | Rua Virgínia Vitorino Nº42 – 2460-073 Alcobaça | 08h45-19h30 – Praça D. Afonso Henriques | 08h30-19h30 (todos os dias)

DAVID PINTO & COMPANHIA, LDA – GINJA M.S.R. DE ALCOBAÇA

Um licor de Ginja absolutamente natural e artesanal, de qualidade ímpar, que reúne em si o saber, a tradição ancestral dos Monges de Cister e a qualidade excecional dos frutos da região de Alcobaça.  O licor de Ginja MSR surgiu em Alcobaça, na década 20 do século XX, pela mão de Manuel de Sousa Ribeiro, reputado enólogo na época, sendo a marca e modelo exclusivo da garrafa registados em 1930. A empresa tem pomar próprio, cultivando o fruto no modo de produção integrada. A produção anual é limitada à quantidade de fruto disponível em cada ano.

 Especialidades: Licor de Ginja M.S.R. de Alcobaça.

+Info: 262 598 268 | 262 580 080 | vendas@omassa.com | www.ginja.pt | Rua Eng. Duarte Pacheco, nº19 – 2460-043 Alcobaça | 10h00-20h00

DF DESTILARIA

A DF destilaria foi constituída a 25 de fevereiro 2016, com sede social no concelho da Ribeira Grande, São Miguel, Açores. A empresa tem como atividade principal a produção e comercialização de bebidas alcoólicas nomeadamente espirituosos e licores, bem como xaropes e outras bebidas não alcoólicas. Devido à nova situação económica e social mundial, os desinfetantes de base alcoólica passaram a ser mais uma área da DF destilaria. É na vila de Pataias, no concelho de Alcobaça, que se encontra a sua mais recente unidade de produção, destilaria, armazém e escritórios.

 Especialidades: Ginja “Amar” e Licor de Ovos Moles de Aveiro.

+Info: 244 244 905 | Rua da Estação Nº111 – 2445-287 Pataias, Alcobaça | 11h00-13h00 e 14h00-20h00

GEORGINA MIRÃO

Há 54 anos que a D. Georgina Mirão trabalha em Doçaria Conventual. Começou aos 11 anos na antiga Confeitaria Francisco Guido (herdeira do antigo receituário do Mosteiro de Alcobaça). Desde 1966 que trabalha por conta própria nas receitas que herdou dessa antiga fábrica, os seus produtos estão representados em várias casas de Alcobaça, assim como em Lisboa e em Coimbra.

 Especialidades: Grades de Alcobaça e as bolachas de manteiga. Por encomenda: Queijadas de Amêndoa; Rosáceas de Amêndoa; Barriga dos Monges e Coroa de Maçã

+Info: 962 585 467 | Rua D Nº4, Ganilhos 2460-612 Alcobaça | 09h00-14h00

PADARIA LÉRIAS

Casa centenária, fundada em 1898, com tradição no fabrico de padaria artesanal e confeção de bolos regionais há quatro gerações!

Especialidades: Coscorões, Broa do Mosteiro e Queijadas de Santa Maria de Alcobaça.

+Info: Loja de Turquel – 262 919 845, Rua Principal 12 2460-876 Turquel | Loja da Benedita – 262 920 710, Rua da Serradinha 6B 2475-166 – Benedita | Turquel – 06h30-21h00 – segunda a sábado | 07h30-13h00 – domingo | Benedita – 06h30-20h00 – segunda a sábado | 07h30-13h00 – domingo        

PASTELARIA ALCÔA

 

 
 
 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

Uma publicação partilhada por Alcôa (@alcoa_pastelaria)

 

Na Alcôa, desde 1957 que se dedicam à centenária arte de bem confecionar, em recipientes de cobre, os doces conventuais, seguindo a tradição dos Monges de Cister que habitaram a região de Alcobaça. O nosso trabalho, orientado pelo rigor e pelo entusiasmo que colocamos na pesquisa dos saberes antigos e no estudo das atas dos conventos de Sta. Maria de Alcobaça e de Coz, tem sido recompensado com inúmeros prémios. A paixão pela nossa terra e o respeito pela herança cultural de que somos depositários, impele-nos a querer ir mais além, para continuarmos a merecer o título de Mestres em Doces Conventuais.

Especialidades: Cornucópia, Delícia do Convento e Coroa da Abadesa.

+Info: 262 597 474 | Praça 25 de Abril Nº44 – 2460-018 Alcobaça | 08h30-19h30

QUINTA DAS POESIAS

 

 
 
 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

Uma publicação partilhada por Gaëlle Lou (@miam_gaellelou)

 

A Quinta das Poesias começou em 2006, quando começaram a fazer as compotas quase por “brincadeira”, surgindo depois clientes a pedir cada vez mais coisas novas.

Especialidades: Compotas de vários sabores e marmelada.

+Info: 262 918 201 | Rua vale da Rosa Nº9 Ardido – 2460-817 Turquel | 09h00-17h00

RESTAURANTE ANTÓNIO PADEIRO

 

 
 
 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

Uma publicação partilhada por António Padeiro | Restaurante (@antoniopadeirorestaurante)

 

Restaurante fundado em 1938, mantendo-se, até hoje, na mesma família. Cozinha tradicional portuguesa e doçaria conventual.

Especialidades: Sopa Dourada, Pecado do Céu e Paraíso

+Info: 963 708 268 | Rua D. Maur Cocheril nº 27 – 2460 Alcobaça | 12h00-15h00 – 19h00-22h00

 

Para além da componente gastronómica está também agendado o “Concerto da Justiça”, dia 30 de novembro pelas 19h, com o Ensemble de Cordas Orquestra Clássica do Centro. As oficinas conventuais têm transmissão online e assim possibilitam a partilha de saberes gastronómicos. Têm lugar também, neste evento, as exposições “Manipulações ilustradas” e “Marionetas de Fios” e o festival “Novo Palco” que combina música, teatro, stand-up, dança e multimédia.

Esta edição especial é também dedicada aos profissionais que estão na linha da frente no combate e na mitigação dos efeitos da pandemia. Os heróis da pandemia, incluindo médicos, enfermeiros, funcionários de IPSS e forças de autoridade como bombeiros, GNR e PSP, recebem, da parte da ACSIA, cerca de 3 mil vouchers para consumo de doces conventuais nos locais aderentes a esta edição especial. “A Câmara de Alcobaça e os parceiros irão fazer desta semana gastronómica a expressão de um profundo sentimento de gratidão.”

Para mais informações relativas ao evento poderá consultar Doces e Licores Conventuais.

 

Foto: DR