9 Concertos imperdíveis para ver esta semana


Escrito por:

Esta semana há uma panóplia de estilos em exibição no nosso distrito. Desde o jazz, ao techno, passando pelo fado e pelo indie-rock. Mais uma semana em que não faltam motivos para ir ouvir música ao vivo.

 

  • Boogarins + Me and My Brain 22h – Stereogun // 24 de outubro

A banda brasileira Boogarins conta já com um trajeto invejável tendo tocado em Portugal em salas como Maus Hábitos, Gnration, Salão Brasil no Festival MIL em Lisboa e até no Tremor em Ponta Delgada. Voltam ao nosso país e pela primeira vez na cidade do Lis para apresentar o álbum “Lá vem a Morte” na Stereogun. A primeira parte está a cargo dos Me and My Brain, dupla eletrónica de Leiria que viaja pelo imaginário do rock psicadélico e fará uma de poucas apresentações ao vivo. Os bilhetes estão disponíveis por 13 euros, no site da Sterogun, no Praça Caffée e no próprio dia à porta mas aí o preço é de 16 euros. Há consumo mínimo de uma bebida.

 

  • Orquestra de Jazz de Matosinhos 21h30 – Centro Cultural e de Congressos das Caldas da Rainha // 25 de outubro

Inserido no festival Caldas Nice Jazz a Orquestra de Jazz de Matosinhos (OJM) apresenta-se no Centro Cultural das Caldas da Rainha para uma noite dedicada a este estilo. A OJM inicia nas Caldas uma digressão pelo nosso país para apresentar durante todo o ano concertos em homenagem às Big Bands. O espetáculo intitulado  Big Bands: Do Ballroom à Sala de Concerto, visa levar os espectadores numa viagem pelos tempos do jazz e pela importância das Big Bands percorrendo o período de ouro do estilo (1925/1955). A Orquestra de Jazz de Matosinhos irá apresentar um repertório  que inclui peças-chave das orquestras de Fletcher Henderson, Jimmie Lunceford, Duke Ellington, Count Basie, Benny Goodman, Tommy Dorsey, Artie Shaw, Dizzy Gillespie, Woody Herman, Stan Kenton ou Gerry Mulligan, arranjadores, compositores e chefes de orquestra de referência nesse período. Os bilhetes podem ser adquiridos no site do Centro Cultural e de Congressos das Caldas da Rainha e têm o custo de 15 euros.

 

  • Salomão Soares Trio 21h30 – Centro Cultural e de Congressos das Caldas da Rainha // 26 de outubro

Mais um concerto a propósito do Festival Caldas Nice Jazz, o pianista brasileiro Salomão Soares apresenta-se em Portugal acompanhado de Rodrigo Digão Braz na bateria e Felipe Brisola no baixo acústico para uma apresentação ao vivo em que se vislumbra outra grande prestação daquele que é já um dos nomes maiores da nova música jazz brasileira. Nascido na Paraíba e radicado em São Paulo Salomão Soares é pianista, compositor e arranjador. 2017 foi o seu ano de consagração vencendo o primeiro lugar do Prêmio MIMO Instrumental 2017, e sendo finalista do Piano Competition no Festival de Montreux em julho de 2017 na Suíça. Neste concerto poderemos contar com um repertório da autoria do próprio passando por largos momentos de improvisação que viajam por várias linguagens da música popular brasileira. Os bilhetes variam entre os 10 euros e os 12,50 euros.

 

  • Hip-Hop & R’N’B Saved My Life 23h – Stereogun // 26 de outubro

“Hip-Hop & R’N’B Saved My Life” é uma festa que pretende celebrar a contemporaneidade da cultura pop. Pela primeira vez na Sterogun, a festa promete muitas referências e uma viagem pelo hip-hop clássico, o rap e a nova vaga com o Trap mas também passando pelo R’N’B numa mescla que não tem medo de misturar o mainstream com linhagens menos comerciais. Os DJ nunca são conhecidos previamente nestas festas, só dentro da Stereogun se saberá quem vai estar no controlo da mesa de mistura. Os bilhetes custam 5 euros consumíveis. 

 

  • You Can’t Win, Charlie Brown 23h – Texas Bar // 27 de outubro

A banda portuguesa tem encontro marcado no Texas Bar para apresentar o mais recente disco “Marrow“. Mantendo as harmonias vocais que os caracterizaram, os You Can’t Win, Charlie Brown levam agora uma roupagem diferente com as guitarras e os sintetizadores a assumirem lugar de destaque distanciando-se do indie folk. Esta é uma oportunidade de ouro para presenciar uma das bandas emergentes mais cativantes do panorama nacional. Os bilhetes custam 10 euros em pré venda e 12 euros no dia e podem ser adquiridos através do site da produtora, GOiN, no Atlas Hostel ou na Taverna Xico e Xica na Marinha Grande ou através de e-mail para originalsoundsport@gmail.com. 

 

  • Fados ao Jantar 20h – Restaurante Nascer do Sol (Salir do Porto-Caldas da Rainha) // 27 de outubro

Nesta noite, uma de muitas que têm sido organizadas, o fado será o prato principal a ser servido passando pelos clássicos de Marceneiro, Farinha até à nova vaga como Mariza, Ana Moura e outros que tais. O programa está previsto iniciar às 20h com o jantar e pelas 22h ecoarão as primeiras notas. O elenco é composto por Maria da Graça, Mónica Baptista, António Leitão, Alberto Corga, Paulo Ribeiro e João Louro. Este último do alto dos seus 11 anos. No acompanhamento estarão Alberto Corga na Viola e José Carlos Marona na Guitarra Portuguesa. Toda a noite incluindo jantar tem o custo de 18 euros e espera-se mais uma noite tipicamente portuguesa com javali no churrasco, pastéis de bacalhau, lombo recheado com alheira de caça e claro o pranto dos fadistas e o choro da guitarra.

 

  • SF Jazz Collective 21h30 – Centro Cultural e de Congressos das Caldas da Rainha // 27 de outubro

Os San Francisco Jazz Collective são um dos grupos de jazz mais premiados internacionalmente. Criados em 2004 rapidamente se tornaram num dos grupos mais excitantes e aclamados pelo público. O coletivo, composto por Miguel Zenón (alto saxofone), David Sánchez (saxofone), Warren Wolf (vibrafone), Etienne Charles (trompete), Robin Eubanks (trombone), Edward Simon (piano), Matt Brewer (baixo) e Obed Calvaire (bateria), traz a Portugal o espetáculo The Music of Miles Davis em que mostram novos arranjos duma das maiores figuras do estilo percorrendo a sua carreira mas também apresentando músicas originais.  Os bilhetes variam entre os 15 euros e os 20 euros e podemos dizer que esta é uma oportunidade de ouro para os amantes do estilo!

 

  • Irmãos Makossa 23h – Toca da Onça (Caldas da Rainha) // 27 de outubro

Porque nem só de jazz puro vive o jazz, este concerto inserido também no Festival Caldas Nice Jazz propõe uma viagem por África como influenciadora do mundo musical. A dupla formada por dois amigos pesquisadores da música africana da década de 70 decidiram juntar-se para partilhar as suas descobertas com o mundo. Com influências como Fela Kuti, criador do Afrobeat, Manu Dibango, Ebo Taylor, Tony Allen, O.P. du Cotonou e muito mais o lema desta dupla é celebrar com muita alegria e ritmos quentes, uma das coisas que África tem de melhor, a Música.

 

  • Veia 21h30 – Auditório Municipal da Casa da Música (Óbidos) // 28 de outubro

Veia são Elisa Rodrigues e Isabel Rato, duas das novas faces do jazz nacional. Elisa Rodrigues foi considerada cantora revelação jazz com Heart Mouth Dialogues (dirigido por Júlio Resende) e Isabel Rato tornou-se num dos nomes femininos mais relevantes da nova geração de compositores jazz com Para além da curva da estrada. A sonoridade quente mas crua caracteriza esta dupla que surge da grande admiração mútua, apenas com voz e piano este concerto promete.

Fotografias: DR