500 pessoas juntaram-se em protesto na Lagoa da Ortigosa contra abate de árvores (com vídeo)


Escrito por:

Na tarde de domingo, pelas 15 horas, cerca de 500 pessoas reuniram-se na Lagoa da Ortigosa para um buzinão de protesto contra o abate indiscriminado de árvores nesta zona.

A ação de protesto, organizada pela página Notícias da Ortigosa, pretendeu chamar a atenção para aquilo que se considera ser um crime ambiental. O proteste teve a seguinte justificação, “O abate indiscriminado das árvores do Parque da Lagoa, sem qualquer estudo dendrológico das mesmas, sem aprovação da Assembleia de Freguesia e sem qualquer discussão publica sobre o futuro do Parque e de forma a demonstrarmos o nosso descontentamento pela forma como o processo foi conduzido. Defenderemos intransigentemente o meio ambiente de forma a que as populações tenham uma melhor qualidade de vida e ambiental.

Em declarações à TIL um dos organizadores que preferiu manter o anonimato afirma: “O abate das árvores foi total em 48 horas no parque de merendas da Lagoa. Mais de 200 árvores. O Parque ficou sem árvores nenhumas“. Já no ano passado tinha sido interrompido, pelos cidadãos locais, o abate das árvores no local, mas desta vez não tiveram sucesso e o parque ficou totalmente despido.

No evento que foi promovido pela página Notícias da Ortigosa pode ainda ler-se “Quem mandou cortar as árvores vai ficar na história pelas piores razões e o buzinão também vai ficar na história, mas por ser a primeira grande manifestação a favor do ambiente, a favor da qualidade de vida, a favor da voz das populações.

Consta-se que estiveram presentes mais de 200 carros e cerca de 500 pessoas envolvidas.

 

Fotos e vídeo: Notícias da Ortigosa