Una cena muy buena – assim foi o 4º dia do Festival A Porta


No quarto dia do Festival A Porta os jantares temáticos continuaram e os cozinheiros levaram os participantes ao México e ao Japão.

 

001 (Hugo Domingues)

A TiL marcou presença no jantar mexicano em casa da Cristel onde a ementa consistiu numa Pozole (sopa com carne de porco e legumes), Taquiza mexicana (porco, feijão, pimentos com queijo, guacamole) e os inigualáveis Tacos terminando com um bolo de três leites. Após a ceia, degustou-se um belo copo de Tequilla com os seus fiéis amigos: sal e limão.

A sobremesa musical esteve a cargo de 001, projeto de Hugo Domingues criado apenas para a ocasião. A apresentação misturou os projetos de que faz parte, os Nice Weather For Ducks e Obaa Sima juntando os sons do baixo aos sons eletrónicos com loops e viagens sonoras. O alinhamento foi composto exclusivamente para apresentar na ocasião e, apesar de curto, encheu a barriga dos presentes!

Ao mesmo tempo teve lugar o jantar Japonês em casa da Rita com a apresentação dos Coringas mas a TiL infelizmente não conseguiu estar presente.

Depoimentos:

  • Walter Santos, 29 anos

“O jantar foi super boa onda, muito tranquilo, com toda a malta a misturar-se em várias mesas. O sushi do Fernando Trigo estava impecável, embora tenha sido a minha segunda vez a comer sushi e não gostei da primeira. O concerto dos Coringas foi porreiro, com alguma malta de meia perna na piscina.
Os concertos de Emperor X, Conan Osiris, Bonga, Mohama Saz e Blue Crime são as minhas maiores curiosidades para o resto do Festival.