Churky, uma varanda e uma viagem ao Nepal – assim foi o 3º dia do Festival A Porta


Escrito por:

Terceiro dia de Porta e os cabeças de cartas foram servidos em casas particulares.

Churky a encantar no jantar nepalês

A TIL esteve em casa do Luís e da Teresa a devorar um jantar de tema nepalês mas “à moda do tuga”, como foi explicado à TIL pelos chefs Bruno Monteiro e Miguel Xavier. Não vamos estar a descrever todos os pratos  mas podemos dizer que o tabulê do emigrante, o entrecosto e o gratinado de frango estavam divinais. O nosso repórter que o diga, sendo vegetariano há um ano, todo o amor e carinho com que o chef Bruno falou do jantar fez peca-lo e provar um pouco de entrecosto (só um!).

Para sobremesa estava reservado o convidado musical, Churky. Aí sim pude degustar na plenitude a musicalidade do Churky.
Churky apresentou-se com guitarra e o seu companheiro, também Diogo, no trompete. Desde originais do último EP às mais antigas passando por Chet Faker e Chico Buarque, o músico de Alcobaça presenteou os convidados com um showcase de deixar água na boca.  O cenário estava incrível com o Castelo e a praça Rodrigues Lobo como pano de fundo. Mais tempo houvesse mais música sairia daquela varanda para o mundo. No final, antes de deixarmos o Luís e a Teresa descansar, houve EP’s para todos.

Noutra casa decorria o Jantar francês com direito a quiches e que teve de sobremesa a artista Carollyn mas a TiL sõ conseguiu, infelizmente, estar presente no jantar nepalês.