29 praias em Leiria distinguidas com selo Qualidade de Ouro pela Quercus


Escrito por:

Em tempos de pandemia, a Quercus distinguiu várias praias da região com qualidade de ouro para o ano 2020, tornando assim ainda mais difícil escolher entre as nossas maravilhosas praias qual frequentar.

A Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza classificou 381 praias nacionais com Qualidade de Ouro em 2020, sendo 29 dessas praias pertencentes ao distrito de Leiria. A atribuição só é feita conforme os critérios de avaliação da água balnear, devendo ter sido classificada como excelente nas últimas cinco épocas balneares (2015 a 2019) e não tendo registado qualquer tipo de episódio de desaconselhamento ou proibição da prática balnear ou interdição da praia no último ano.

Há duas novas praias na região galardoadas em relação ao ano anterior: a Praia do Agroal (a única praia interior das 29), e a Praia D’el Rei em Óbidos. 

As praias com qualidade de ouro em 2020 que compõem a lista são:

  • Pombal: Osso da Baleia
  • Leiria: Pedrógão Sul; Pedrógão Centro
  • Alcobaça: Água de Medeiros; Légua; Pedra do Ouro; Polvoeira
  • Caldas da Rainha: Foz do Arelho-Lagoa; Praia do Mar
  • Marinha Grande: Pedras Negras; Praia Velha; S. Pedro de Moel
  • Nazaré: Nazaré; Salgado
  • Óbidos: Bom Sucesso (Lagoa Óbidos); Praia D’el Rei; Rei do Cortiço
  • Ourém: Praia do Agroal
  • Peniche: Baleal -Campismo; Baleal -Norte; Baleal -Sul; Consolação; Consolação Norte; Cova da Alfarroba; Gamboa; Medão -Supertubos; Peniche de Cima; Porto da Areia Sul; S. Bernardino

Já sabe a lotação máxima da sua praia preferida? Conheça os números

Foto: Rui Miguel Pedrosa (site Câmara Municipal de Alcobaça)

A sobremesa mais instagramável é no Espaço W


Escrito por:
Fotografia por:
Sónia Pereira
Sónia Pereira
                       

Últimos posts de Sónia Pereira (see all)

    O Espaço W é o primeiro espaço em Leiria totalmente dedicado às bubbles waffles e as suas variantes. Aberto desde 29 de Novembro no Mercado de Sant’Ana, promete ter a sobremesa mais instagramável da cidade.

    A bubble waffle é uma das street foods mais populares desde os anos 50, principalmente nas ruas de Hong Kong, onde teve a sua origem e é servida simples, sem qualquer recheio. Nos últimos anos tem surgido um pouco por todo o mundo, mas ao contrário das originais, é-lhes dada forma de cone e  são recheadas com gelado, fruta, chocolates, doces e toppings.

    O Espaço W é o sítio perfeito para provar este snack, seja doce ou salgado. Aqui o cliente escolhe como quer a sua bubble waffle, e cada um dos seus elementos, como a base, uma bola de gelado e um topping por 3,50€. Há 3 bases diferentes para a versão doce: a original, a de chocolate e a de café. Os gelados são da Gelados de Portugal, tendo sabores bem característicos do nosso país. Pode acrescentar também fruta fresca ou doces como Kit Kat, Twix, gomas e entre outros. Toda a fruta utilizada é cortada e preparada em frente ao cliente, comprovando a sua frescura.

    Will, o proprietário, diz-nos o que o levou a abrir o Espaço W “foi uma paixão pelos doces, vontade de poder criar”. Além da bubble waffle Will também serve o crepe suiço (que é um crepe recheado num palito) e o tradicional crepe, tanto em versão doce ou salgada.

    O cliente também pode escolher Petit Gateau com gelado e juntar-lhe toppings, fruta ou doces. Para quem quer fugir aos doces e algo mais saudável é sugerido um Smoothie Bowl. A mais recente novidade no Espaço W é o crepe do mês. É o espaço ideal para ir lanchar e aproveitar a esplanada, os estudantes têm happy hour com promoções específicas.

     

    O Espaço W está aberto de terça a domingo das 14h às 23h45. 
    Rua Dr. Correia Mateus, loja 14, Mercado de Sant’Ana

    Recomendações de Leitura – Livraria Arquivo


    Escrito por:

    No festival online organizado pela TIL, o Stay STILL, a Livraria Arquivo deixou-nos algumas sugestões de leitura para este tempo de quarentena. A livraria tem também um serviço de entregas de livros, para ter livros sempre à mão e não ser necessário sair de casa.

    Livraria Arquivo entrega-lhe os seus livros favoritos em casa

    • Ensaio sobre a cegueira de José Samarago

    Um homem fica cego, inexplicavelmente, quando se encontra no seu carro, no meio do trânsito. A cegueira alastra como «um rastilho de pólvora». Uma cegueira coletiva. Romance contundente. Saramago a ver mais longe. Personagens sem nome. Um mundo com as contradições da espécie humana. Não se situa em nenhum tempo específico. É um tempo que pode ser ontem, hoje ou amanhã. As ideias a virem ao de cima, sempre na escrita de Saramago. A alegoria. O poder da palavra a abrir os olhos, face ao risco de uma situação terminal generalizada. A arte da escrita ao serviço da preocupação cívica.

     

    • Estuário de Lídia Jorge

    Estuário é um livro sobre a vulnerabilidade de um homem, de uma família, de uma sociedade e do próprio equilíbrio da Terra, relatados pelo olhar de um jovem sonhador que se interroga sobre a fragilidade da condição humana.

     

    • A mulher que correu atrás do vento de João Tordo

    Um livro sobre o poder do amor e o vazio da perda, sobre a amizade que nasce das circunstâncias mais improváveis e o terrível poder da confissão. E, quase no final, uma revelação chocante, a reviravolta que faz deste romance de João Tordo uma narrativa magnética. Quatro mulheres. Três cidades. Um século. E uma poderosa história de amor e de perda a uni-las.

     

    • Autobiografia de José Luís Peixoto

    Na Lisboa de finais dos anos noventa, um jovem escritor em crise vê o seu caminho cruzar-se com o de um grande escritor. Dessa relação, nasce uma história que mescla realidade e ficção, um jogo de espelhos que coloca em evidência alguns dos desafios maiores da literatura. A ousadia de transformar José Saramago em personagem e de chamar Autobiografia a um romance é apenas o começo de uma surpreendente proposta narrativa que, a partir de certo ponto, não se imagina como poderá terminar.

     

    • Outra Margem do mar de António Lobo Antunes

    O romance recai, assim, nos incidentes ocorridos antes da guerra colonial, quando grandes plantações de algodão começaram a ser incendiadas, acontecimentos que foram fulcrais para o desenrolar do conflito.

     

    • Jalan Jalan: Uma leitura do mundo de Afonso Cruz

    Obra de grande originalidade que cruza diferentes registos. O texto fragmentário evoca as anotações e reflexões de viagem que se ampliam nas notas de rodapé, evidenciando a circularidade do percurso.

     

    • Serotonina de Michel Houellebecq

    Com Serotonina, romance-profecia de um futuro pouco perfeito, Houellebecq reafirma-se uma vez mais como um cronista impiedoso da decadência da sociedade ocidental, um escritor indómito, incómodo e por isso imprescindível.

     

    • Aprender a falar com as plantas de Marta Orriols

    Aprender a Falar com as Plantas confirmou Marta Orriols, que já tinha publicado contos, como uma das autoras espanholas mais interessantes da atualidade. O ódio e o amor andam muitas vezes de mãos dadas.

     

    • Factfulness (Factualidade) de Hans Rosling

    Factfulness é um livro urgente e essencial, que mudará a forma como vemos o mundo e que nos permitirá responder às crises e oportunidades do futuro. O hábito redutor do stresse que consiste em adotar apenas as opiniões que se fundamentem em factos sólidos.

     

    • Mulherzinhas de Louise May Alcott

    As irmãs Meg, Jo, Beth e Amy conhecem algumas dificuldades depois da partida do seu pai para a guerra e dos problemas económicos que a família enfrenta. Mas o espírito lutador e de união que reinam naquele lar ajudam-nas a seguir em frente. Quer em casa, quer nas relações com os amigos e vizinhos, elas conseguem surpreender e continuar e ser fiéis aos seus sonhos, vivendo cada dia com esperança e boa-disposição. Uma história em que o amor e a coragem se revelam mais fortes do que todas as dificuldades que estas quatro raparigas, juntamente com a sua mãe, têm de enfrentar.

     

    • O diário de Anne Frank de Anne Frank

    Escrito entre 12 de junho de 1942 e 1 de agosto de 1944, O Diário de Anne Frank foi publicado pela primeira vez em 1947, por iniciativa de seu pai, revelando ao mundo o dia a dia, de dois longos anos de uma adolescente forçada a esconder-se juntamente com a sua família e um grupo de outros judeus, durante a ocupação nazi da cidade de Amesterdão.

     

    • Corre, corre, cabacinha – Adaptação de Eva Mejuto. Ilustração de André Letria

    Corre corre, cabacinha é um conto popular português de grande tradição. Conta a história de uma velhinha que, a caminho da boda da sua neta, encontra um lobo, um urso e um leão que a querem comer. Consegue convencer os animais a esperarem-na no regresso. Depois da celebração, a neta e a velhinha engendram um plano muito original para enganar as três feras.

     

    • Vem à quinta feira de Filipa Leal

    No seu mais recente livro de poesia Filipa Leal fala-nos, com uma voz muito própria, de problemas e sobressaltos, dos dramas da sua geração mas também dos tumultos por que passaram as anteriores. «Havemos de ir ao futuro e, no futuro, estará finalmente tudo como dantes.» Desfia memórias e cartografa emoções, porque afinal «[…] buscamos no quotidiano uma estrada onde se repita o amor e a casa de algum Verão.»

     

    7 propostas para jantar no Dia dos Namorados


    Escrito por:

    Aproxima-se o dia mais romântico do ano. Já sabe onde celebrar com o seu amor? Deixamos-lhe 7 propostas onde jantar.

    A ementa inclui um welcome drink, couvert, uma entrada de Ravioli de Sapateira com molho bisque e espuma de queijo, o prato de peixe de Linguado a vapor com manteiga de trufa, puré de batata doce e gengibre com legumes baby, o prato de carne é Bife Wellington à Esplanada do Jardim com molho de Porto e demi-glacé com legumes da época. Para adoçar o final da refeição haverá Pudim de chocolate branco com gelado de tangerina, crumble de gengibre e petazetas.

    Preço: 30 € por pessoa (bebida incluída)
    Reservas: catarina.nunes@sapo.pt ou 927547317

     

    Para começar, haverá Creme de Camarão com crotouns e coentros. Como prato principal tem duas opções à escolha, entre: o Lombo de Bacalhau confitado com risotto de couli pimentos assados ou Folhado de Caça com salada e chips de batata. A sobremesa é Sopa de Morango e Hortelã, espuma de requeijão e funcho com crumble de canela.

    Preço:  27,50 € por pessoa (não inclui bebida)
    Reservas: 244 210 576

     

    Como entradas há um Recheio de Sapateira e Coxinha de Frango com molho turco, queijo e enchidos, Camarão cozido e um Creme Aveludado de Marisco. Há um prato para ela e outro prato para ele. Para ela o Supremo de Dourada com molho de camarão, puré de escabeche de cenoura e verdura e para sobremesa a Sopa Cremosa de Frutos Vermelhos. Para ele o Tornedó de Vitela com molho de cogumelos e batata brava e para sobremesa Creme Bruleé, crocante de avelã e gelado de chocolate.

    Preço: 30 € por pessoa
    Reservas: geral@casadanora.com

     

    Para entrada tem a tradicional Couvert e Papelotes de Massa Filo com queijo chèvre e doce de abóbora com noz. Os pratos principais são Filetes de Robalo recheados ou Bife Wellington. Haverá 4 sobremesas diferentes: Morangos com Chocolate, Tartelete com Caramelo e Chocolate, Gelado de Caramelo Salgado ou Pedaços de Chocolate com avelã e amêndoa.

    Preço: 27,50 € por pessoa (bebida incluída)
    Reservas: 244 010 160 ou 244 835 403

     

    No menu especial de S. Valentim tem como welcome drink um flute de espumante, para entrada couvert, presunto de pata preta e Gambas com aioli de manjericão. Como prato principal há duas escolhas: Lombo de Pargo braseado sobre risotto de sapateira ou Coxa de Pato confitada com puré de batata doce roxa e trouxa de cogumelos. A sobremesa consiste em Chocolate, avelã e frutos vermelhos.

    Preço: 25 € por pessoa (não inclui bebida)
    Reservas: 912648946

     

    Se preferir jantar em casa pode encomendar a Box Paixão que inclui Sapateira, Gambas, Polvo, Tapas, Bolo de Chocolate e um ramo de flores para oferecer à pessoa amada.

    Preço: 60 € pela Box Paixão Take Away (+10 € entrega ao domicílio)
    Reservas: 918 516 352

     

    No dia seguinte ao Dia dos Namorados, sábado dia 15 Fevereiro, surpreenda a sua cara-metade com um brunch. Como prato principal há Ovos Mexidos com salmão ou fiambre, salada com tomatinhos cherry e Panquecas com Frutos do Bosque e gelado de baunilha. Tem também um buffet com sumos de frutas, salgadinhos, mini pastelaria, queijos e compotas entre várias opções.

    Preço: 10 € por pessoa
    Reservas: fenixpetitbistro@gmail.com ou 962144011

     

    1. Aconselhamos a reservar o seu jantar através dos contactos indicados. Alguns dos restaurantes têm horários de jantar predefinidos para esse dia. 

    Adega 109, o novo lounge bar na Quinta do Paul


    Escrito por:

    Aberto às sextas e sábados, a Adega 109 é o wine e lounge bar onde passar uma noite intimista com amigos ao som de música ao vivo.

    A Adega 109 abriu no início de Dezembro e está inserida na Quinta do Paul. Anteriormente o espaço era conhecido como Cantigas d’Amigo, bar que encerrou há dois anos e meio, tendo sofrido uma remodelação total e duplicado a área total do bar. O nome do lounge vem da sua localização, estando junto à estrada nacional 109.

    O novo lounge está aberto apenas às sextas e sábados, havendo sempre música ao vivo nessas mesmas noites. O espaço tem capacidade até 220 pessoas e perfeito para encontros com amigos que desejem saborear um bom vinho. São mais de 40 opções disponíveis de vinho ou cocktails ao som de um concerto intimista.

    Muito recentemente o restaurante Saloon, situado também na Quinta do Paul, foi sujeito a uma remodelação e abriu com um novo conceito e decoração.

    Localização: Estrada Nacional 109, Quinta do Paul, Ortigosa

     

    Fotografias: Facebook Adega 109

     

     

     

    Gins produzidos em Alcobaça premiados


    Escrito por:

    Gins Azor 30 Edição de Autor e Azor Reserva Gin foram premiados numa competição internacional de bebidas alcoólicas.

    Os gins Azor, produzidos em Alcobaça pela Drinks & Flavours, foram distinguidos na International Wine & Spirit Competition, uma competição de bebidas alcoólicas onde competem produtos de mais de 90 países.

    Na categoria “Wood Aged”, o Azor Reserva Gin foi premiado com a medalha de prata, tendo sido classificado com 91 pontos em 100 pontos possíveis, pelos jurados. Ateriormente, em 2017, o mesmo gin tinha ganho uma medalha de ouro. O Azor 30 Edição de Autor conquistou, na categoria “Flavoured”, a medalha de bronze, e foi a primeira vez que esteve em competição.

    Marta Pinto, a única portuguesa master distiller, é a responsável pelos gins Azor. A empresa Drinks & Flavours, com sede na Zona Industrial do Casal da Areia, destaca que “o Azor Reserva continua, desde a sua existência, a ser um dos dois melhores gins envelhecidos do mundo”.

     

    Fotos: DR

     

     

    Etcetera Concept Store: Com peças Made in Leiria e um bar


    Escrito por:
    Fotografia por:
    Teresa Neto
    Teresa Neto
                           

    Últimos posts de Teresa Neto (see all)

      Inaugurada no passado mês de Novembro, a Etcetera Concept Store é, literalmente, um conceito que veio para ficar. Encontra artigos Made in Portugal e até de artistas de Leiria, na forma de moda feminina e masculina, calçado, acessórios ou peças de decoração.

      O conceito de uma concept store é criar uma experiência um pouco diferente da habitual loja de roupa, com uma grande variedade de marcas, que por vezes não têm loja própria e assim estão mais perto do seu público-alvo. Geralmente tem também no espaço uma galeria de arte, um bar ou café, tornando-se apelativo para quem faz as compras e procura um certo lifestyle.

      Na Etcetera Concept Store essa experiência é alcançada por Daniela Duarte e os seus sócios. O espaço amplo na Rua Comandante João Belo, bem no centro da cidade, apresenta mais de 15 marcas nacionais e algumas delas made in Leiria. Na entrada da loja estão expostos e para venda, quadros da artista leiriense Luísa Lopes, parecendo uma galeria de arte.

      Se procura uma prenda original para oferecer a algum amigo, na Etcetera encontra o presente perfeito desde tote bags com desenhos criativos, malas de senhora, porta-chaves feitos à mão ou peças decorativas em macramé, são algumas das peças originais que tem esta loja.

      Peças de moda feminina como malhas, casacos de pêlo, vestidos para festa mas, também, roupa casual conforme as tendências actuais, estão dispersos por vários pontos da loja, divididos por marca. T-shirts e sweatshirts, meias, botões de punho feitos de moedas ou bonés são algumas das opções de moda masculina. Na loja também há um recanto com jóias, onde encontra vários designs ao gosto de cada mulher e jóias em capim dourado (material tradicional do Brasil).

      A loja tem um bar, que como Daniela Duarte refere, “no Bar da Honestidade pode beber um café, um copo de vinho ou um aperitivo enquanto faz as suas compras. Espaço bastante apreciado pelos maridos enquanto aguardam que as senhoras terminem as compras. (risos)”. No final paga o que acha justo e honesto pelo que consumir, daí o nome Bar da Honestidade.

      A Etcetera Concept Store está localizada na Rua Comandante João Belo, número 7, no centro da cidade de Leiria, e o horário de funcionamento é de segunda-feira a sábado entre as 10h e as 19h.

      Casa assombrada estreia em Abril em Leiria


      Escrito por:

      A experiência de terror imersivo estreia a 3 de Abril em Leiria. Conta a história de um matadouro que ficou conhecido como a fábrica dos pastéis de carne.

      Tendo sido anunciado, anteriormente, que Leiria iria receber uma casa assombrada, sabe-se agora mais detalhes sobre a experiência de terror imersivo, que vai ser representada num matadouro na zona das Cortes. Agora, já são conhecidas a data de estreia, os horários, o preço do bilhete de entrada e a localização.

      Combinando o que de melhor foram criando em peças anteriores, o Projecto Casa Assombrada promete fazer algo nunca feito antes, no nosso país. A história de terror psicológico dar-lhe-á murros no estômago e gelar a espinha, com caracterizações nunca vistas antes.

      Nesta experiência ficará a conhecer a história de um marcante e curto episódio da disfuncional família que habitou o matadouro desativado, os Pinheiro. Os Pinheiro faziam os melhores pastéis de carne do mundo neste matadouro.

      A partir de 3 de Abril vai haver sessões todas as sextas-feiras e sábados, entre as 21 horas e a meia-noite (de meia em meia hora). A lotação máxima é de 21 pessoas, por sessão, e a entrada é para maiores de 16 anos. O preços dos bilhetes será de 16€ e, brevemente, será anunciado o procedimento para adquirir os mesmos. A localização exata do matadouro é na Rua Nossa Senhora de Fátima, número 15 em Zambujo – Cortes, Leiria.

       

      Fotografia: Facebook Projecto Casa Assombrada

      Há diversão para as crianças no novo Parque Urbano de Peniche


      Escrito por:

      No passado dia 18 de Dezembro foi inaugurado um Parque Infantojuvenil no Parque Urbano de Peniche.

      O Parque Urbano da Avenida  Monsenhor Bastos vê ser instalado no local um Parque Infantojuvenil. Situado na entrada da cidade de Peniche, junto da rotunda Nossa Senhora da Boa Viagem,  o Parque Urbano é procurado para a prática de exercício e lazer.

      Este novo equipamento urbano tem uma área de 846 m2 e engloba dois espaços de jogo e recreio. O recreio está equipado com diversificados elementos que estimulam a imaginação e aprendizagem. Também foi instalada uma rede para promover a cordenação física e desenvolvimento social das crianças.
       
      O Parque Urbano fica agora mais completo e convidativo para a população residente ou para quem visita Peniche, situando-se numa zona priviligiada da cidade e perto das praias.
       
       
      Fotografia: Facebook Município de Peniche
       

      Bibliomóvel – Biblioteca intinerante regressa às freguesias de Porto de Mós


      Escrito por:

      O Bibliomóvel volta a parar nas freguesias de Porto de Mós, a partir deste mês de Dezembro. O conceito e lema é o mesmo de qualquer biblioteca: leve, leia e devolva, mas a diferença é esta ser uma biblioteca móvel.

      A Biblioteca Municipal de Porto de Mós retomou o serviço do Bibliomóvel por onze localidades do concelho. “O objetivo do Bibliomóvel é descentralizar a oferta da Biblioteca Municipal, fazendo-a chegar a todos aqueles que tenham mais dificuldade em dirigir-se à sede do concelho e aí usufruir dos seus serviços.” anunciou a autarquia.

      Uma vez por mês o Bibliomóvel irá passar por Alvados, São Bento, Serro Ventoso, Fonte do Oleiro, Arrimal, Mendiga, Tojal, Calvaria, Alqueidão da Serra, São Jorge e Pedreiras.

      O serviço é gratuito para quem quer ter acesso a parte do espólio da biblioteca. A data e horário das devidas paragens pode ser consultado aqui.