Tasca do Taborda: segredos para criar novas experiências à mesa

Tasca do Taborda

Chutneys com frutas da região, cookies com twist de sabores e bolos inspirados na pastelaria internacional são algumas das boas surpresas desta dark kitchen artesanal.

Uma cozinha com afeto e história, concebida e lançada em Leiria. É este o briefing de apresentação da Tasca do Taborda, um projeto ainda sem loja física, que nasce pelas mãos de um jovem casal, decidido a proporcionar novas experiências à mesa dos comensais leirienses.

“A Tasca nasce de uma brincadeira entre amigos”, resume, sem pretensões, Pedro Teles. “Logo que nos mudámos para a Quinta do Taborda, em Leiria, começámos a fazer alguns jantares para apresentar a nova casa e os sabores sempre rendiam bons feedbacks dos convidados”, lembra, deixando pistas do porquê do nome escolhido.

Próxima ao centro de Leiria, a produção da Tasca ganhou vida no último Natal com o mesmo propósito que se mantém hoje: oferecer prendas que criassem bons momentos de partilha à mesa, mesmo com a distância imposta pelos novos tempos. Primeiro chegaram aos familiares, depois aos amigos e, em poucas semanas, a ementa oficial do negócio já estava ao alcance de um click no perfil do Instagram.

“A ideia nunca foi apresentar sabores vulgares”, sublinha Pedro que, ao lado da
companheira, se inspira, cria e testa cada uma das receitas artesanais. “O nosso cardápio é curto mas completo em si”, explica, antes de acrescentar: “E há sempre espaço para pequenas surpresas e lançamentos da temporada, como foi o caso do brigadeiro de gorgonzola feito especialmente para as boxes do Dia de São Valentim”, refere. Devido ao sucesso de pedidos, a receita agora faz parte da ementa fixa.

Para breve, o casal já anda a planear os sabores para o Dia do Pai e também um formato de kit degustação (8€), onde irão apresentar cinco dos produtos da Tasca em versão miniatura. “A ideia é que as pessoas que ainda não nos conhecem possam ter uma experiência quase completa da nossa proposta. Para os clientes que já nos acompanham, é uma opção de combinar vários dos nossos sabores numa única ocasião”, explica o conceito.

Intitulada de “Para levar e lembrar”, a linha fixa de criações tem desde a secção de Chutneys (dos 2€ aos 7€), dedicada aos molhos agridoces com influências asiáticas e à base de frutas da região – o de pêra Rocha do Oeste com vinho do Porto e semente de mostarda é um dos exemplos – até a parte dos Bocados (dos 2,85€ aos 6€), onde estão as cookies de chocolate 70% e sal rosa, os veggies nachos de grão de bico e os frutos secos caramelizados com cúrcuma. “São receitas que trazem, essencialmente, referências e memórias de lugares que visitámos, e permitem que seja possível viajar sem sair de casa, mesmo que apenas através dos sabores”, sugere, considerando os dias pandémicos.

Tasca do Taborda
Chutneys da Tasca do Taborda

Para as mesas mais numerosas, o casal pensou nas opções de Pedaço Inteiro (dos 4€ aos 9€), na qual apresentam dois bolos: um Double Chocolate Cake, que, como o próprio nome indica, combina duas doses de chocolate com um toque de banana, e um Carrot Cake aos moldes norte-americano, ou seja, com especiarias, nozes na massa e uma delicada cobertura de cream cheese. “Esperamos que as pessoas se inspirem e recriem nas suas mesas momentos tão especiais como os que temos nas memórias”, almeja Pedro.

A atenção da dupla vai ainda ao pormenor das embalagens: “Tentamos ao máximo utilizar apenas potes de vidro e papel kraft, prolongando a vida e a utilização dos materiais, que podem ser devolvidos e abatidos com descontos em próximas compras”, avisa o pequeno empresário.

As encomendas para a Tasca do Taborda podem ser feitas através do perfil do
Instagram da marca, com o mínimo de 48 horas de antecedência, e levantadas em três pontos de Leiria: na própria Quinta do Taborda, na Pizzanna, localizada na subida da Fonte das Três Bicas, ou ainda na loja Vinhos da Dona Cândida, na Estrada da Estação. Com este último negócio o casal tem também uma parceria, pela qual os produtos que criam podem receber sugestões vínicas de pairing feitas pelo entusiasta dos vinhos, Luís Golegã.

 

Fotos: Sofia Belchiorinho