Commedia chega a Leiria: Não será buffet, mas a La Carte


Carlos Cunha, César Mourão e Gustavo Miranda trazem a Leiria um imperdível espetáculo de comédia de improvisação, de 11 a 13 de março de 2021.

O espetáculo dos Commedia a La Carte intitula-se “Condenados”, a peça estreou no Porto, em dezembro de 2019 e está agora em tour pelo país, como comemoração do 20º Aniversário do grupo.

Sob o mote “Nós, condenados a mais 20 anos, e vocês, condenados a aturar-nos” o grupo promete um serão cheio de duelos de improviso num designado “western spaghetti – conceito que define um tipo de filmes que surgiu nos anos 60 que, embora baseados no oeste americano dos cowboys, eram pautados por mais sangue e violência, sendo produzidos por realizadores maioritariamente italianos.

Com um cenário completamente renovado, os momentos divertidos e a interação com o público são os ingredientes chave para a construção das histórias, criadas no momento pelos três atores, num jogo de improviso.

 

 
 
 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

Uma publicação partilhada por Gustavo Miranda Angel (@gustavomirandaa) a

 

Em modo de preparação, como ainda faltam alguns meses, a TIL dá-lhe a conhecer o percurso deste grupo e de cada protagonista, para que não lhe escape nada durante o espetáculo:

Os Commedia a La Carte surgiram no ano 2000, numas das salas do Chapitô e rapidamente se tornaram um sucesso icónico da comédia de improviso em Portugal. Sem texto ou piadas combinadas, o grupo começou a subir aos palcos com apenas uma certeza: não há dois espetáculos iguais. “Entramos sem termos, absolutamente, nada combinado. Entramos apenas com base na nossa experiência e arriscamos sempre. Lutamos todos os dias para nos surpreendermos”, referem em declaração à Lusa. Apesar do núcleo inicial de improvisadores se ter alterado, com os anos veio a cumplicidade, o traquejo para dar a volta a qualquer situação, a rapidez de pensamento, a dose certa de caricaturas e o reconhecimento do público.

Somam já mais de 1000 espetáculos nas últimas duas décadas. Ao longo do percurso do grupo destacam-se as tours: “Melhores do mundo” e “Pior Espetáculo do Mundo”. Em 2019, conduziram a “Primeira 12ª Gala de Improvisação Luso Brasileira” com o grupo brasileiro “Barbixas”, esgotando 3 coliseus.

Dos últimos 20 anos de carreira, o grupo realça que por terem sido pioneiros nesta modalidade de espetáculo é notório que o público evoluiu em paralelo com eles. “Hoje em dia, o público que vê Commedia a La Carte está nos antípodas do público que via Commedia a la Carte no início”, referem. No início, os portugueses nunca tinham visto um espetáculo de improvisação (não havia a facilidade de acesso à informação que hoje a internet nos dá). Atualmente, o público já está muito educado para este tipo de espetáculos — agindo de forma diferente, os espetadores estão preparados sabendo onde e como participar.

A tour, que chega a Leiria em março de 2021, conta com a participação de:

Carlos Cunha

 

 
 
 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

Uma publicação partilhada por Carlos M. Cunha (@carlosmmcunha) a

 

Carlos M. Cunha nasceu na Azinhaga, concelho da Golegã, em 1961. O teatro só entrou na vida de Carlos após os trinta anos. Antes atuou profissionalmente noutros palcos: foi cabo da Força Aérea, vendedor numa multinacional e artesão em Porto Covo. Foi nessa altura que iniciou o teatro – Teatro do Mar, Teatro Pim e, posteriormente, Chapitô onde é parte integrante da fundação dos Commedia a La Carte. A partir daí outras portas se abriramm e passou a participar regulamente em vários programas e séries na TV, nomeadamente, “A Mãe do Senhor Ministro”, “Sinais de Vida”, “Camilo”, “Malucos do Riso”, “Maré Alta” e “Hotel 5 Estrelas”.

César Mourão

 

 
 
 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

Uma publicação partilhada por cesartmourao (@cesartmourao) a

 

César Filipe Tapadinhas Mourão nasceu em Lisboa, em 1978. O desporto foi a primeira vocação de César Mourão – “era bom em quase tudo: ténis de mesa, voleibol, futebol, sei lá, tanta coisa, corfebol, natação também.” Podia ter sido desportista mas repetiu o secundário para estudar representação no Chapitô – nesta escola ambicionou sempre absorver o máximo para se tornar num artista versátil. Atingiu o seu objetivo: para além da representação, toca saxofone, piano e guitarra, faz ilusionismo e malabarismo. Completou ainda a sua formação em teatro, cinema e televisão no Brasil.

Ao longo da sua carreira artística destacam-se: as colaborações cómicas com Herman José (“Hora H”), é membro fundador dos Commedia à La Carte e, em cinema, participou nos remakes de “O Pátio das cantigas” e “ A Canção de Lisboa”. Tem participado em diversos programas da SIC – “SIC ao vivo”, “Gosto Disto”, “Vale tudo”, “Cante se Puder”, “Sal”, “D’Improviso”, “Terra Nossa” e “Lip Sync Portugal”.

Gustavo Miranda

 

 
 
 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

Uma publicação partilhada por Gustavo Miranda Angel (@gustavomirandaa) a

 

Gustavo Miranda Ángel é um ator, mestre do improviso e dramaturgo nascido na Colômbia. Gustavo é formado em Arte Dramática pela Universidade de Antioquia (Colômbia). Nessa escola conheceu um mestre de improvisação italiano com quem começou a desenvolver a técnica desta arte. Posteriormente, viajou pela América Latina com o objetivo de conhecer diferentes visões da arte do improviso. Recentemente, fez um mestrado em Dramaturgia e Direção, canalizando a sua investigação individual para a área do improviso.

Para além dos grupos artísticos que tem dirigido e integrado à volta do mundo, nomeadamente Colômbia, Argentina, Brasil e Portugal, é ainda professor especializado em improvisação teatral tendo lecionado em Buenos Aires, Santiago, Guayaquil (Equador), São Paulo e, de forma permanente, na Academia de Teatro de Ação e Improvisação, em Medellín.

 

Marque já na sua agenda de 2021! Temos a certeza de que não quer perder um serão na companhia deste trio de incríveis humoristas – as histórias  são com certeza diferentes, as piadas também, mas a qualidade é aquela a que os Commedia a la Carte têm vindo a habituar o público nos últimos 20 anos.

Data e Local: 11, 12 e 13 de março às 21h30, no Teatro José Lúcio da Silva.

Bilhetes: 15€ – 18€

M/12

Mais info: Teatro José Lúcio da Silva