Sequin, Twist Connection, Farra Fanfarra e muito mais no Festival mais bonito da Ilha


Escrito por:
Fotografia por:
Pedro Dinis Ferreira
Pedro Dinis Ferreira
                       

Últimos posts de Luis Ferreira (see all)

    A edição de 2018 ficou na memória com os concertos de Mirror People, Pás de Problème e Quinta-Feira 12. Este ano a dose repete-se nos dias 19, 20 e 21 de julho e o cartaz não deixa dúvidas de que será mais um fim de semana incrível.

    Sequin, Farra Fanfarra e Twist Connection são apenas alguns dos nomes a atuar no parque de lazer da Ilha, mas não apenas de concertos é feito o Ti Milha, as atividades prolongam-se pelo fim de semana e são bastante apelativas.

    O alinhamento completo sairá entretanto, mas já temos algumas confirmações por parte da organização de como estará organizado o Ti Milha. Sexta-feira é dia de Sequin, ENES, G Combo,  e Nuno Rabino. Sábado os Twist Connection, Bananana, Chalo Correia, Farra Fanfarra e Le Cirque du Freak DJ set tomam de assalto o parque de lazer da Ilha. E no domingo o Mr Gallini irá ajudar os festivaleiros a recarregar energias. 

    Durante todo o festival a artista Mara Mures estará a pintar os participantes e o ambiente, no parque de lazer da Ilha. Na tarde de sexta feira terá lugar a Movilha, uma extensão das sessões de curtas já tradicionais na Ilha. No sábado, irão decorrer os workshops de serigrafia e produtos cosméticos naturais. Para além disto, também, acontecerá uma aula de kickboxing e uma feira de artigos em segunda mão.  No domingo, estão também planeadas várias atividades como pilates, danças medievais e torneio de xadrez.

    Um cartaz assim não deixa dúvidas sobre onde estar no fim de semana de 19 a 21 de julho. Venha viver a natureza, a boa música e a Ilha!

    Ana Miró (Sequin) a personagem que viaja pelo mundo da eletrónica pop é uma das cabeças de cartaz do Ti Milha. A menina dos Jibóia, The Ballis Band e Heats inicou as suas lides a solo, em 2014, com o álbum Penélope, não sem antes ter participado no Festival da Canção. Ana traz uma sonoridade pop à música eletrónica, complementando-a com vocais quase angelicais.

    Os Farra Fanfarra trazem muita animação e sangue na guelra! O coletivo de Lisboa, formados em 2006 trazem ao parque de lazer da Ilha muito Funk, Jazz, Disco, Punk, Latin e ritmos Balcânicos. Armados de bombos, caixas, timbales, pratos, tubas, sousafones e trombones, congas, trompetes, clarinetes, guitarra, megafones, saxofones altos e tenores, capacetes, e barítonos, têm encontro marcado no festival da Ilha para acelerar os corpos dos festivaleiros.

    Os Twist Connection nasceram em Coimbra e já contam com largos anos de estrada e de histórias. Formados por Carlos Mendes, Sérgio Cardoso, Samuel Silva e Raquel Ralha, trazem o seu rock alto e inconformado ao parque da Ilha. Já com seis álbuns editados, a formação não mostra sinais de abrandar e ainda bem!