Guia Michelin: saiba quais os restaurantes destacados na região de Leiria


A cerimónia do Guia Michelin aconteceu no dia 21 de novembro e o apesar do distrito de Leiria e o concelho de Ourém não aparecerem escalados na classificação principal da constelação Ibérica houve um especial destaque nas seleções “Prato Michelin” e “Bib Gourmand”.

Nau dos Corvos, localizado em Peniche (e que se encontra encerrado para obras até março do próximo ano) e António Padeiro, em Alcobaça, são dois dos restaurantes elencados a nível nacional como “uma boa comida, nem mais nem menos”.

Nau dos Corvos (Peniche) classificado com Bom nível

Em Fátima, o tradicional Tia Alice surge classificado como um restaurante “com uma cozinha de qualidade”. Já em Monte Real, o Paços da Rainha é referenciado pela “aposta numa cozinha de autor inovadora com influência tradicional portuguesa e mediterrânica”.

O Mosteiro do Leitão, na Batalha e O Casarão perderam a representação que tinham até então.

A região manteve-se entre os destaques especiais com seleções de “Bib Gourmand”, direcionado o consumidor a opções de melhor relação qualidade-preço – até 30 euros. A contar com experiências gastronómicas de conta moderada, a sugestão vai para Casinha Velha, “uma cozinha caseira e saborosa com mais de mil referências na carta de vinhos”.

Guia Michelin na região
Restaurante (localização) // Avaliação

Prato Michelin
António Padeiro (Alcobaça) // Simples
Comendador Silva (Óbidos) // Bom nível
Nau dos Corvos (Peniche) // Bom nível
O Convite (Fátima, Ourém) // Ótimo nível
Paços da Rainha (Monte Real, Leiria) // Ótimo nível
Sabores d’Itália (Caldas da Rainha) // Bom nível
Taberna d’Adélia (Nazaré) // Simples
Tia Alice (Fátima, Ourém) // Bom nível

Bib Gourmand (experiências até 30 euros)
Casinha Velha (Leiria) // Simples

 

Street Food regressa às Caldas da Rainha


Foi no passado fim-de-semana que a cidade de Caldas da Rainha se encheu de brilho, luzes e animações de rua. Mas a festa não fica por aqui. Quinta-feira, dia 6 de dezembro, arranca a quarta edição do Caldas Street Food Fest.

 

Na Avenida 1.º de Maio são várias as sugestões gastronómicas. Além de Portugal, países como Espanha, França, Alemanha, Itália, Suécia também se encontram representados. Da Grécia fica a sugestão das pitas; da Suécia, as tostas em pão polar; da Hungria, os Kurtos; da Argentina esperam-se os grelhados. O que também não vai querer perder são os hambúrgueres de frango da Chiken & Chips.

As 15 carrinhas estarão pela rua durante quatro dias, sendo que nos dois primeiros o horário de funcionamento será entre as 18h e as 24h. No sábado e no domingo, o horário será diferente. Nestes dois últimos dias tem uma desculpa para não cozinhar porque, a partir do meio-dia, difícil será escolher o que comprar.

Árvore de Natal gigante volta, a Caldas da Rainha, já este sábado


Natal Encantado traz à cidade um espetáculo de iluminação de Natal no dia 24 de novembro.

A árvore de Natal gigante, já conhecida como o exlibris do evento organizado pela ACCCRO – Associação Empresarial das Caldas da Rainha e Oeste, atraiu no ano passado cerca de 4000 pessoas ao espetáculo da inauguração, realizado na Praça 25 de Abril. A TIL apurou que, para este ano, houve um aumento de custo de 40 mil euros.

A animação urbana traz à cidade de Caldas da Rainha uma atratividade que estimula o consumo de bens, produtos e serviços, favorecendo a economia local.

A Câmara Municipal e a Associação Empresarial dos Concelhos das Caldas da Rainha e Óbidos (AECCRO) pretendem atrair meio milhão de pessoas à cidade durante as semanas de iluminação e animação de Natal.

Além das dezenas de ruas e edifícios decorados, animação, casa do Pai Natal, exposição de árvores, comboio turístico e festival de street food, haverá também um concurso de varandas decoradas.

Intermarché traz Fernando Mendes a Caldas da Rainha


Com um investimento de quatro milhões de euros, o Intermarché inaugurou no dia  15 de novembro uma nova loja em Caldas da Rainha, que permitiu a criação de 60 postos de trabalho.

Amanhã, dia 17, pelas 11h, o Intermarché contará com a presença do Fernando Mendes num evento intitulado de Grande Abertura.

A loja, que ocupa uma superfície de 1.490 metros quadrados, representa a loja número 250 do Intermarché em Portugal. Este novo espaço oferece vários serviços, como cafetaria, restauração, take-away, lavandaria self-service, carregamento de automóveis elétricos, parque de caravanas, florista e parafarmácia.

Daniel Marta, dono do novo Intermarché de Caldas da Rainha, anunciou em comunicado de imprensa que a nova unidade é um conceito inspirado no “mercado tradicional associado à modernidade e inovação dos dias de hoje, onde se destacam as áreas de frescos, garrafeira, beleza e pet food”.

A nova loja localiza-se perto do o centro-auto Roady e do Bricomarché e conta com a presença da comunidade caldense e, como será de esperar, com os fãs de Fernando Mendes.

Quinta Animal abre loja em Caldas da Rainha


A loja Quinta Animal, serviço especializado em animais, abre amanhã, dia 17, um novo espaço na Rua Belchior de Matos, em Caldas da Rainha.

Entre as 9h e as 20h poderá passar pela loja Quinta Animal, em Caldas da Rainha, que promete dar a conhecer as causas que apoiam, bem como apresentar-lhe o cartão de cliente com prémios associados.

Na petshop os clientes terão acesso a uma vasta gama de produtos, sempre acompanhados por um atendimento personalizado. O objetivo passa por aumentar o bem-estar animal de companhia e reforçar a ligação Homem-Animal.

Esta, que é a oitava loja Quinta Animal, permite responder às necessidades e expetativas dos clientes, oferecendo uma gama mais alargada e diferenciada de serviços. Com um horário alargado, estará aberta de segunda-feira a sábado das 9h às 20h.

A Quinta Animal conta com lojas nos concelhos de Leiria, Marinha Grande, Ourém e Batalha.

 

Hamburgueria do Mercado é o novo espaço gastronómico de Ourém


Hamburgueria do Mercado é o nome do mais recente espaço de restauração, inaugurado no dia 20 de outubro, em Ourém.

Localizada na zona do mercado, esta hamburgueria fez com que a equipa, já ligada à restauração, quisesse apostar neste negócio de forma a colmatar a ausência deste tipo de experiências gastronómicas. Embora em Ourém existam espaços que vendem hambúrgueres, nenhum deles é focado neste propósito.

Nesta hamburgueria artesanal, embora o hambúrguer seja rei, existe espaço para outras opções na ementa, para quem não aprecia carne picada.

O restaurante, que se localiza na rua Dr. Francisco Sá Carneiro n.º 41, tem partilhado fotografias quer do próprio espaço, quer das sugestões gastronómicas.  Se é daqueles que gosta de acompanhar, de perto, todas as novidades, sugerimos que esteja atento à página facebook.

Fitness Factory Alcobaça lança campanha de abertura com preços imperdíveis


A cadeia de ginásios Fitness Factory vai abrir um novo espaço, desta vez, em Alcobaça e os preços vão desde os 19.90€ por mês.

Localizado nas antigas instalações da Tomaz Marques, o ginásio conta com uma sala de cross training, uma sala de exercícios de luz natural, três estúdios para aulas (força e dança, body & mind e spinning) e uma sala direcionada para o treino funcional, num total de 1.200 metros quadrados, dividido por dois pisos.

O conceito de ginásios em franchising introduzido no mercado em 2015 distingue-se pelo conceito “smart cost”. No distrito de Leira, a cadeia conta com ginásios em Caldas da Rainha, na Nazaré, na Marinha Grande e em Leiria.

Baseando-se na opinião comum de que Alcobaça tem ainda muito a explorar nesta área, três amigos, Ivo Balbino, André Carreira e Daniel Santos tornaram-se sócios e deram seguimento àquele que é o quinto espaço desta cadeia na região de Leiria.

A TIL apurou que existem condições especiais de abertura.
Inicialmente, estava a decorrer o “recrutamento” de 700 sócios-fundadores que consistia em disponibilizar 700 vagas com o valor de 19,99 euros por mês. Como estas vagas foram atingidas, num curto espaço de tempo, decidiram abrir mais 200 vagas, que se prevêem esgotar rapidamente.

O Fitness Factory Alcobaça estará aberto de segunda a sexta-feira das 7 às 22:30 horas, no sábado das 9 às 20 horas e no domingo das 9 às 13 horas. Para já, ainda não está prevista a data de abertura.

Provar 12 vinhos, sair de lá com diploma de nível 1 e ainda jantar? É assim o curso de vinhos no Magna Carta


É já amanhã, dia 27 de outubro, que se vai realizar o Curso de Vinhos Nível 1 em parceria com a Wine Academy do enólogo e formador Engº Mário Louro, a grande referência da formação em Portugal na área dos vinhos.

 

Este curso, que terá lugar no restaurante Magna Carta, terá início peças 14h30 e destina-se aos que procuram conhecer a terminologia associada ao mundo dos vinhos, os principais tipos e estilos de vinhos ou os princípios para a harmonização de vinho e comida.

A formação, que termina com entrega do certificado é composta pela parte teórica, seguida da prova cega de aproximadamente 12 vinhos. A organização preparou também o jantar que conta com a perceção da harmonização vínica com os pratos servidos.

As inscrições são limitadas e o preço por participação perfaz o total de 75€.

 

 

Participe na corrida noturna de bicicleta na Batalha e no fim pode ganhar um prémio monetário ou um… presunto


É já sábado, 27 de outubro, que a  VII edição da ARB URBAN NIGHT MTB volta à Batalha.

O percurso está delineado pelas ruas da histórica Vila da Batalha, em circuito fechado, e com o Mosteiro de Santa Maria da Vitória como pano de fundo.

Trata-se de uma prova de resistência noturna, com a duração de, aproximadamente, três horas, visada a todos os amantes da modalidade, acompanhantes e espectadores.

A Associação Recreativa Batalhense é a responsável pela organização da prova, que conta ainda com o apoio da Câmara Municipal da Batalha e de outras entidades e empresas do concelho e da região.

Para os que subirem ao pódio haverá um prémio de 240 euros e a maior equipa terá a oferta de um presunto.

Para se inscrever, basta fazer o registo na página oficial do evento.

100 anos de jazz em Portugal em exposição no CCC das Caldas da Rainha


Hoje, dia 20 de outubro, pelas 17h no Centro Cultural de Congressos de Caldas da Rainha, será inaugurada a exposição 100 ANOS DE JAZZ EM PORTUGAL. Esta exposição está patente até ao dia 25 de novembro.

A exposição de 100 anos de “Txim, txim, txim, pó, pó, pó, pó” será comissariada pelo historiador João Moreira dos Santos, que contará a história do género musical cujos primeiros ecos chegaram ao país no decurso da Primeira Guerra Mundial e que foi apreciado por grandes figuras da cultura nacional.

 

 

A organização adiantou em comunicado de imprensa que a exposição, que em 2017 esteve patente na Biblioteca Nacional, estará organizada em torno de 11 módulos. Os visitantes ficarão a conhecer a história do jazz em Portugal desde a sua origem à divulgação na imprensa passando também pela forma como este estilo musical foi acolhido pela população e mediatizado em canais como a televisão e a rádio. É de frisar que haverá um especial enfoque para a história dos concertos, festivais, jam-sessions, clubes nocturnos, clubes de jazz, discos, discotecas e editoras, mas também dos músicos, produtores e fotógrafos.

Entre os principais pontos de interesse da exposição, encontram-se uma fotografia do encontro, em 1966, entre Eusébio e Duke Ellington, vários documentos sobre a relação do Estado Novo com o jazz – entendido como uma “música deseducadora” –, o primeiro disco gravado por músicos portugueses (1957), um disco de 1929 que contém uma peça dedicada ao jazz e as baquetas que o baterista Jimmy Cobb (presente no disco Kind of Blue, de Miles Davis) usou no Cascais Jazz.

Esta mostra promete novidades e tem por base a investigação que o comissário efetua há cerca de 20 anos, da qual já resultaram sete livros.