7 Concertos que não pode perder esta semana


Esta semana viajamos pela música tradicional, recebemos convidados gregos, passamos pela música clássica e ainda há espaço para David Fonseca nos mostrar o último álbum. Este distrito é incrível!

 

  • Roncos do Diabo 21h30 – Castelo de Óbidos // 3 de outubro

Os Roncos do Diabo apresentam-se no FOLIO (Festival Literário Internacional de Óbidos). Uma banda portuguesa com mais de uma década de existência a propagar a musicalidade tradicional, composto por quatro gaitas de fole e um percussionista. O grupo carrega em todas as atuações uma energia inigualável que se vai notar mais uma vez em Óbidos. Não perca a oportunidade de ver, ouvir e sentir os Roncos do Diabo num concerto de entrada livre.

 

  • David Fonseca 21h30 – Teatro José Lúcio da Silva // 4 de outubro

O filho pródigo regressa a casa para apresentar aos seus o último álbum, Radio Gemini. O que dizer sobre este concerto? O multi-facetado artista leiriense tem encontro marcado no nosso teatro maior para formalmente mostrar Radio Gemini na íntegra. As suas apresentações nunca ficam aquém da expectativa visual e musical. É David Fonseca e traz músicas novas, não é necessário saber muito mais pois não? Os bilhetes custam 16,50 euros, ou 14,50 euros com desconto e é melhor apressar-se porque já não restam muitos.

 

  • CHICKN + CASOTA Colective 23h30 – Stereogun // 4 de outubro

CHICKN é uma banda vinda de Atenas, Grécia, formada em 2012 depois de uma noite de folia. Aquilo que parecia algo passageiro ganhou forma e consistência e, passados seis anos, eis que os CHICKN fazem a sua aparição em Portugal. “Explosivas batidas a galope, poderosos riffs de guitarra, linhas de baixo sensuais e sopros ancestrais, são mote para uma das mais incríveis bandas gregas! Rock colorido com explosões proto-punk, são a receita para um delicioso concerto a não perder!”

Para final de noite está reservado o DJ set dos CASOTA Colective, a produtora audiovisual de Leiria que tira um tempo de folga das câmaras para colocar a pista da Stereogun ao rubro. A entrada para esta noite sem igual tem um custo de 5 euros.

 

  • Da Cruz One man band + Teatro Dom Roberto 15h30 – Teatro Miguel Franco // 6 de outubro

“Da Cruz” é o pseudónimo de David Cruz, actor, músico, profissional das Artes do Espectáculo desde 1991, membro fundador e actual director da Encerrado para Obras. O Único Homem-Orquestra tradicional no nosso País, este artista multifacetado apresenta um espectáculo surpreendente em que toca em simultâneo e em andamento um total de 17 instrumentos. O projecto Da Cruz One Man Band já foi apresentado com enorme sucesso em mais de três dezenas de localidades de Norte a Sul do País.”

Para a segunda parte do serão está programado o teatro Marionetas da Feira Teatro Dom Roberto. “No Castelo de Santa Maria da Feira vivia a bela princesa Rosa, vigiada por um terrível dragão e prisioneira de um homem gigante que a tinha fechado a sete chaves numa das torres. O nosso herói Dom Roberto que por ali passava ouviu os seus gritos de socorro e foi logo em seu auxílio. O pior ainda estava por acontecer… será que o valente Roberto conseguirá desenvencilhar-se do gigante, do dragão e de outras terríveis ameaças? Salvará a Rosa e ficará ele dono do Castelo? Original da tradição popular portuguesa.”

Este é um programa de sábado inserido no Festival ACASO que não vai querer perder. Os bilhetes têm um custo de 5 euros, ou 3 euros com desconto.

 

  • Orquestra Sinfónica Portuguesa 17h – Centro Cultural e de Congressos das Caldas da Rainha // 6 de outubro

A Orquestra Sinfónica Portuguesa passa pelas Caldas da Rainha para apresentar o concerto para piano n.º 2 em Si bemol maior, op. 83 e o concerto para piano n.º1 em Ré menor,  op. 15, duas peças de Johannes Brahms.

“Cerca de vinte anos separam os dois concertos para piano deste programa escritos por Johannes Brahms (1833–1897). O Concerto para piano n.º 1 em Ré menor, op. 15 foi composto aos 25 anos, em 1858, e estreado em Hanôver no ano seguinte. Foi a sua primeira obra orquestral a ser interpretada com a aprovação do público e reflete os esforços de Brahms em aliar o piano com a orquestra enquanto parceiros iguais numa estrutura sinfónica. O Concerto para piano n.º 2 em Si bemol maior, op. 83 começou a ser escrito em 1878 e foi completado no ano seguinte, tendo sido estreado em Budapeste em novembro de 1881 com o próprio compositor como solista. Dado o enorme sucesso, Brahms interpretou-o em muitos países da Europa. Os quatro andamentos da obra contêm alguma da mais tremendamente difícil música jamais escrita para piano.”

Está preparado um concerto de alta qualidade e para os amantes da música clássica não deixarem passar ao lado. Os bilhetes custam entre 10 e 15 euros.

 

  • The Happy Mess 23h30 – Stereogun // 6 de outubro

Está de volta a música sedutora dos THE HAPPY MESS que regressam a Leiria com novo disco: Dear Future, terceiro de longa duração da banda, é um álbum que mergulha numa pop elegante e perversa. Um regresso às canções que cruzam as guitarras e a electrónica dos anos 80. O grupo do conhecido jornalista Miguel Ribeiro (voz, guitarras), João Pascoal (baixo & synths) Joana Espadinha (voz – ela que a solo se tem mostrado como uma das grandes revelações da actual cena musical portuguesa), Hugo Azevedo (bateria), Afonso Carvalho (pianos & synths) e Martim Broa (guitarras), sobe ao palco da Stereogun para desfilar o seu rico e contagiante repertório, em que não faltará, claro, Waltz For Lovers, o single com a participação de Rita Redshoes que já conquistou as rádios nacionais.” O concerto tem um custo de 6 euros (que revertem 100% a favor da banda) + consumo obrigatório de uma bebida.

 

Fotografias: DR