“Ópera no Património” leva espetáculos gratuitos à Batalha


A 2.ª edição do projeto cultural Ópera no Património, que envolve os Municípios da Batalha, Leiria, Viseu, Pinhel, Foz Côa e a Universidade de Coimbra, traz à comunidade 90 concertos e diversas ações operáticas.

À semelhança de 2017, e com entrada gratuita, a Batalha volta a receber diversos espetáculos de grande qualidade alusivos à conhecida peça Visitação à Ópera de Eugene Onegin, do compositor russo Piotr Tchaikovsky.

A programação tem início hoje, quinta-feira, dia 20, às 15h e às 17h, no Claustro Real do Mosteiro, com breves concertos pelo Quarteto de Cordas. No dia 21, também às 17h e no mesmo local atua o Grupo de Cordas.

No sábado, dia 22, pelas 21:30h no Largo do Infante D. Henrique, junto às Capelas Imperfeitas, será apresentada a obra Visitação à Ópera de Eugene Onegin.

O programa encerra no domingo, 23 de setembro, às 19h, na Igreja Matriz da Batalha, com a execução de A Criação, da autoria de Haydn, que contará com mais de 50 músicos. Os ingressos para este concerto, atendendo à limitação do espaço, podem ser levantados no Município da Batalha e no Posto de Turismo.

Paulo Santos, presidente da Câmara Municipal da Batalha, afirmou em comunicado de imprensa que “a concretização do projeto Ópera no Património, resulta da forte vontade dos municípios e demais entidades envolvidas, na democratização da oferta cultural, designadamente através do género musical da ópera”. Ressalva ainda que, além dos espetáculos dirigidos ao público em geral, “os alunos da Batalha tomarão contacto ainda em 2018, com este género musical, através de ações pedagógicas, realizadas na escola por consagrados músicos”.