Praias fluviais que tem de conhecer ainda este Verão (e não é a Praia das Rocas!)


Para quem adora banhos de verão mas odeia multidões, as praias fluviais são a opção certa para passar um dia tranquilo mesmo no meio da natureza.

Todos nós já passámos pelo mesmo: seja na família ou num grupo de amigos, há sempre aquele que não gosta de praia, ou porque odeia multidões, ou porque a areia só começa a desaparecer das roupas e do carro lá para meados de novembro, ou porque sal na pele não é com eles.

Seja como for, a praia não é o único destino para ficar de molho nestas férias e a TIL dá-lhe algumas opções em Leiria (que não é a Praia das Rocas!) para estender a toalha e surpreender até os mais cépticos.

1 – Praia Fluvial de Poço de Corga

A terra chama-se Bolo e fica em Castanheira de Pera.
A praia ganha pelo acesso pedonal, as rampas de acesso para pessoas com mobilidade reduzida, as casas de banho e a presença de nadador-salvador, durante a época balnear. Para o almoço, pode sempre fazer um piquenique no Parque de Merendas e até as horas de maior calor passarem, dê um passeio pelo Museu Lagar do Corga, antigo lagar de produção de azeite, movido a energia hidráulica.

Fotografia: DR

2 – Praia Fluvial Ana de Aviz

Começa a ser conhecida a nível nacional pela beleza natural e pela transparência da água, que deixa ver o chão regular em xisto. Tem esplanada, casas de banho, estacionamento para carros e bicicletas, nadador salvador e, melhor do que tudo, se for de autocarro até Figueiró dos Vinhos, a viagem até à Praia Fluvial Ana de Aviz é gratuita!

Fotografia: DR

3 – Praia Fluvial das Fragas de S.Simão

Este nome não lhe é estranho e faz todo o sentido. É das praias fluviais mais antigas do distrito de Leiria e fica mesmo a caminho da Serra da Lousã. Para os mais aventureiros, é o local ideal para fazer rappel, escalada ou slide. Para os menos aventureiros, a piscina natural e o miradouro também servem para chegar a casa com o objetivo cumprido: descansar! Esta é também daquelas que nós gostamos: viagem de Figueiró até à praia gratuita.

Fotografia: DR

4 – Praia Fluvial Mega Fundeira

É mega desconhecida e pequena e é isso que faz dela um pequeno paraíso perdido em Pedrógão Grande. Se por acaso ficar mais conhecida com este artigo, não se preocupe, tem sempre o espaço museológico e a esplanada na sombra da latada de videiras em frente ao moinho para desfrutar de um dia igualmente perfeito.

Fotografia: DR

5 – Vale do Lapedo

A 10 minutos do centro de Leiria, encontra-se o Vale do Lapedo, que por ter muito pouca intervenção humana, predominam as suas características naturais, tanto na fauna como na flora. O acesso não é o melhor, mas o espaço relvado, as mesas para piquenique e o parque infantil compensam na chegada.

Fotografia: DR

6 – Praia Fluvial do Mosteiro

Uma praia que também é aldeia de Xisto. É banhada pela Ribeira de Pera e, além das suas piscinas naturais, tem uma pequena cascata que deixa qualquer um rendido. Esta é uma das praias fluviais ideais para levar os miúdos: muita sobra, parque infantil, restaurante com esplanada, casas de banho e posto de socorro.

Fotografia: DR

7 – Praia Fluvial da Albufeira do Cabril

Conhece aquele rio maravilhoso que nos divide com Castelo Branco? Isso mesmo, o Rio Zêzere é dos mais belos rios portugueses e a Barragem do Cabril é sítio obrigatório de passagem nas férias. Além de banhos de sol e mergulhos refrescantes, a barragem do Cabril oferece passeios de barco, canoa ou caiaque.

Fotografia: DR

8 – Praia Fluvial da Louçainha

Nesta praia só vemos qualidades: bandeira azul, atribuição de praia acessível, zona relvada, zona reservada a crianças, zona com prancha de mergulho, restaurante com vista panorâmica, Aldeia de Xisto de Ferraria de S. João e ainda o castelo de Penela mesmo pertinho. Um conselho: chegue cedo, um lugar como estes fica sem espaço para estender a toalha num abrir e fechar de olhos!

Fotografia: DR

9 – Praia Fluvial Senhora da Piedade

“Last but certainly not least”. A Praia Fluvial Senhora da Piedade, na Ribeira de S. João, em plena Serra da Lousã. Ok, nós admitimos, esta não faz parte do distrito de Leiria, mas está aqui tão perto que quisemos mostrar-lhe! A paisagem é de morrer: tudo à volta é em xisto, a serra em redor e lá no topo o Castelo da Lousã. Sem falar da prancha de mergulho, da piscina natural menos profunda para os mais pequenos, do bar com esplanada, da presença de nadador salvador e da classificação de praia acessível com bandeira azul.

Fotografia: DR