5 concertos que não pode perder este fim de semana


Para esta semana temos um leque de propostas musicais abrangente. Há tanto de música contemporânea como de clássica e swing.

  • Olga Prats – CCC das Caldas da Rainha // 9 de Agosto

A pianista portuguesa tem concerto marcado nas Caldas da Rainha, no âmbito da Semana Internacional de Piano de Óbidos. Olga Prats iniciou a formação aos 5 anos, fez a primeira apresentação aos 14 e desde então que o aperfeiçoamento tem sido um foco.

Estudou na Alemanha, onde recebeu o prémio de melhor estudante estrangeira, e, já de regresso a Portugal, foi também distinguida com o prémio Luís Costa atribuído à melhor intérprete de música espanhola. 

Além de ter sido professora de piano, foi fundadora de vários projetos musicais: o Duo de piano e violeta com Ana Bela Chaves, o Grupo de Câmara do Festival do Estoril,  o Opus Ensemble (1980) e ainda o Coletiva – Grupo Experimental de Teatro Musical Contemporâneo (1975). Conta também com participações em inúmeras orquestras nacionais e internacionais.

O espectáculo tem início às 21 horas e a entrada custa 18€.

 

  • Julia Valentim Trio – Praça de Salir do Porto // 10 de Agosto

A cantora é já uma das vozes mais conhecidas das Caldas da Rainha pelas recorrentes participações com a Banda Comércio e Indústria e com a Big Band da Nazaré.

Apresenta-se agora em formato trio, para um serão de verão com boa música e uma grande voz acompanhada de Iuri Oliveira (percussão) e Paulo Miranda (guitarra).

O espectáculo tem início às 22 horas e a entrada é livre.

 

  • CEEYS – CCC das Caldas da Rainha // 10 de Agosto

Nascidos ainda na República Democrática Alemã, os irmãos Daniel (pianista) e Sebastian (violoncelista) Selke formam os CEEYS. O duo utiliza a compreensão do mundo clássico no qual são formados academicamente, com a procura de novos sons ambientais, rebuscando material eletrónico que encontram já em desuso ou até mesmo danificado.

Dessa mesma junção de mundos tão diferentes, nasce a música dos CEEYS: melancólica, lenta, espaçosa, orgânica e sentimental.

O duo vem apresentar o mais recente álbum WÆNDE, um disco que retrata o que aconteceu aquando da queda do muro de Berlim: como os habitantes da República Democrática Alemã reagiram à alteração da sua vida pessoal e social; compararam as suas vivências e modo de vida tão díspares dos habitantes de Berlim Ocidental.

O espectáculo tem início às 21:30h e a entrada tem um custo de 7,50€.

 

  • The Lucky Duckies – Praia de Salir // 11 de Agosto

The Lucky Duckies é uma banda portuguesa estreada a 25 de abril de 1987. A banda, influenciada por  Elvis Presley, Dean Martin, Frank Sinatra e Sammy Davis Jr., tem presença marcada na praia de Salir para um concerto com muito swing e boa disposição.

Com 3 discos editados, os Lucky Duckies foram considerados a personalidade do ano na cultura em 2013 e depois de 30 anos de carreira continuam sem sinais de abrandar.

O espectáculo tem início às 22 horas e a entrada é livre.

 

  • MR. Gallini, GEEK daddies, Johnny Division – Bar da Légua // 11 de Agosto

O Bar da Légua em Alcobaça vai receber uma noite de grande qualidade com atuações de MR Gallini, Geek daddies e Johnny Division.

Mr Gallini é o alter-ego de Bruno Monteiro, baterista dos Stone Dead, que se apresenta acompanhado de uma guitarra num concerto que é descrito como psych harmonioso, contrastado com o acelerado dia-a-dia de quem sofre com as habituais dores de crescimento decorrentes da perda de inocência.

Os Geek Daddies são o lado menos próprio de pessoas aparentemente responsáveis. Uma espécie de duo dinâmico, convertido em trio ou quarteto quando assim é possível, na versão de um rock’n’roll heróico, desbragado e sem sentido. Uma banda com boas intenções, que pulula à solta no Inferno… Com um som cru e devaneante alteram entre ritmos desproporcionados e riffs poderosos, como quem não consegue domar o animal que monta.

Johnny Division é o vocalista dos Plastic People.

O espetáculo tem início às 19h e é de entrada livre.