41ª edição do Rally Vidreiro – quais os melhores spots


“Espero que os pilotos não se apercebam da mata queimada”

Cartaz Oficial Rally Vidreiro

Este fim de semana decorre a 41ª edição do Rally Vidreiro. Falámos com um filho da terra, e do Rally, Rafael Cadeira, para nos aconselhar a viver este evento automobilístico.

Depois de ser considerada pela FPAK como a melhor prova da temporada, o Rally Vidreiro retorna e desta vez para homenagear o Pinhal do Rei. Durante 2 dias 92 pilotos irão gladiar-se a fim de saber quem é o mais veloz e o mais audaz.

  1. Rafael Cardeira é o mais recente piloto do Sporting Clube de Portugal e a falou à TiL sobre como viver este Rally. Antes de mais a segurança é muito importante e por isso frisou que é imperativo respeitar as zonas, as fitas e os marshalls.

Como referido anteriormente o Pinhal do Rei é o homenageado deste ano e por isso, Rafael apela a que os amantes do desporto encham a mata para ouvir o roncar dos motores enquanto recorda os seus tempos de adepto em que ia com o pai fazer as partidas. Dessa época recorda o costume que existia de fazer piqueniques na mata, que as pessoas “iam para a mata de manhã e saiam à noite”. O piloto de 26 anos espera ainda que “os pilotos não se apercebam da mata queimada” que haja uma afluência de tal ordem da população que os pilotos não consigam perceber o estragos.

Este apelo à participação aliado aos acontecimentos de outubro passado, ganha uma expressão muito forte ao passar a mensagem que as “gentes da terra não baixam os braços” na cara da adversidade e mostram que é possível encher de vida um cenário como o atual das matas de Leiria.

O destaque vai para as provas a decorrer na estrada da Marinha para S. Pedro de Moel, para a especial citadina nas ruas da Marinha Grande e ainda para as 3 passagens dos pilotos pelo cabeço do rei. Poderá consultar o programa do evento para ter as informações completas das etapas e horários.