5 praias escondidas para poder expor a sua “barriguinha” de inverno


O verão está aí à porta e se não tem um corpo invejável não há problema. Merece fazer praia longe de olhares reprovadores de quem andou a treinar no ginásio o inverno inteiro. Por isso apresentamos-lhe 5 praias onde estará a salvo de qualquer julgamento. Todas estas praias são vigiadas por isso não se preocupe se não for um Phelps do Oceano Atlântico.

Praia das Pedras Negras 

Este local a norte de S. Pedro de Moel é uma praia escondida, mesmo! É preciso estar atento para encontrar a saída certa na Estrada Atlântica. O seu areal compreende uma extensão de 1,9 kms. A sul pode-se avistar o farol de S. Pedro e a norte quase até à praia da Vieira. O Dunas Bar, o único estabelecimento nas imediações, providencia o apoio necessário a um dia de praia, desde a imperial ao gelado. O mar é bem agitado por isso é recomendada cautela nos banhos. 

Praia do Salgado

Praia do Salgado, concelho da Nazaré, Portugal

A Praia do Salgado situa-se a norte da praia de São Martinho do Porto e pertence à foz do rio Alcobaça (Alcoa). O seu areal extende-se por cerca de 5,3 kms e possui também um sistema dunar vasto e bem conservado. A paisagem é gigante: tanto se podem observar quilómetros de mar como de mata. Aqui o mar também é revolto, pelo que se aconselha precaução nos banhos. Com bar, WC’s, balneários e restaurante nas proximidades, este local está muito bem qualificado a receber qualquer tipo de banhista. A praia do Salgado também é muito procurada por praticantes de parapente.

Praia da Légua

A praia da Légua, situada em Pataias, a norte da Nazaré possui um areal bastante extenso. É envolvida por dunas cheias de vegetação e perto é possível encontrar falésias que ajudam a formar uma paisagem de especial beleza. A junção entre mar, praia e a mata faz desta praia ideal para os amantes da natureza. Possui também um bar na praia (Bar da Légua) e instalações sanitárias que contribuem para o conforto da zona. 

Praia da Almagreira

A praia da Almagreira, a norte de Peniche, possui uma paisagem muito característica sendo a sua linha recortada por falésias, dunas e reentrâncias rochosas. Esta conjuntura paisagística desenha um cenário bastante peculiar e as reentrâncias rochosas formam lugares abrigados do vento. Aqui o mar é bastante agitado pelo que é necessária especial atenção. Pela sua costa este local é também procurado pelos praticantes de desportos náuticos. Um aspeto menos positivo deste local é a falta de infra-estruturas de apoio ao dito “trabalho de bronze”: nas imediações não se encontram cafés, restaurantes nem sanitários. 

Praia das Valeiras

Praia de Valeiras, concelho da Marinha Grande, Portugal

Este local mesmo à saída sul de S. Pedro possui um areal bastante extenso que joga com as dunas repletas de vegetação. Possui também falésias de índole arenosa. À semelhança da praia anterior, esta também peca pela falta de infra-estruturas de apoio à prática balnear. Para se beber uma geladinha o banhista terá que se deslocar de carro ao estabelecimento mais próximo. Para não variar, o mar também é agitado por isso já sabemos que é necessária atenção redobrada.